Guedes promete programa que vai gerar 2 milhões de empregos

0

Paulo Guedes, ministro da Economia, mais uma vez prometeu, novas medidas para flexibilizar o mercado de trabalho e dar oportunidade aos informais. A ajuda viria através do Bônus de Inclusão Produtiva e o de Qualificação (BIP e BIQ).

O ministro também ressaltou que já recebeu apoio de empresas que estão interessadas no programa. Sendo assim, possível criar 2 milhões de empregos para os jovens.

emprego

Serão ofertadas bolsas aos jovens que estiverem no programa, sendo que as empresas parceiras irão arcar com o valor da bolsa, que serão um tipo de modelo de estágio.

Segundo o ministro deverá haver ainda cursos e treinamentos internos também custeado pela contratante.

Detalhes da jornada de trabalho e seus benefícios

A jornada de trabalho seria de quatro horas diárias, sendo um pagamento de R$ 20,00 por dia de trabalho. Nesse valor, o governo investiria mais R$ 10 e a empresa mais R$ 10.

Ressaltando que por meio do BIP, o estudante não terá direito aos benefícios da carteira de trabalho, como FGTS, férias, abono salarial, 13º salário, previdência, etc.

Guedes aproveitou para também falar que o uso do dinheiro obtido de vendas de estatais poderá robustecer e ampliar programas sociais e até criar um programa de distribuição de renda.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil