Em pesquisa feita pelo Instituto Deândhela com 624 pessoas sobre a realidade do home office, a maioria das empresas (72%) aderiu ao modelo de trabalho remoto, mas os próprios funcionários avaliam que a produtividade em casa não está boa, se auto avaliando com nota 6 ou abaixo (40%).

Descobrir o que pode ser melhorado e onde está o problema nessa adaptação é a chave para melhorar essa percepção e ter colaboradores mais realizados.

A especialista em produtividade, Tathiane Deândhela, compartilha algumas dicas:

Passar um batom ou fazer a barba mesmo em casa

Esse passo, além de ajudar na autoestima do funcionário, também contribui para que as outras pessoas vejam uma imagem melhor na câmera durante reuniões.

“Muitas vezes só o fato de se arrumar, como passar um batom para as mulheres ou fazer a barba para os homens, já muda a forma como a pessoa se enxerga e se sente e isso aumenta a confiança dela durante um dia de trabalho. ”, revela Deândhela.

Faça um planejamento do dia com perspectiva real do tempo das atividades

Tathiane desenvolveu uma ferramenta que batizou de Time Model Canvas. Uma planilha na qual é possível colocar tudo no papel e facilitar a visualização.

“O grande diferencial é que esse planejamento ajuda a pessoa a se blindar de distrações e da procrastinação, colocando metas possíveis, recompensas e penalidades, para atuar no subconsciente da pessoa e ajudar a não se sabotar mais.

Anotar o tempo de todas as tarefas do dia, mesmo as menores, como cuidar do cachorro, aguar as plantas, preparar um lanche, etc.

Manter uma rotina com horários equilibrados de trabalho, descanso e lazer é fundamental. ”, conta a especialista.

Eliminar a procrastinação e manter o foco em uma atividade de cada vez

Um dos principais vilões da produtividade é a procrastinação. Quem trabalha em casa ou tem sua própria empresa tem grandes chances de sofrer desse problema.

“Se você tem claro seus objetivos do dia e da semana e quais são as consequências que a procrastinação terá nesse planejamento fica mais difícil deixar esse problema tomar conta.

Quando não se conclui as tarefas nos prazos cria-se inconscientemente uma culpa, que causa uma sobrecarga no sistema nervoso que pode afetar a saúde”, complementa.

Produtividade personalizada para equilibrar atividades profissionais e pessoais

Cada um precisa avaliar quais são as técnicas que funcionam para sua rotina, para suas necessidades e fazer destas técnicas hábitos.

“Muito se fala de produtividade hoje em dia, mas nem tudo funciona para todo mundo. A pessoa precisa se conhecer, saber qual o seu perfil para realizar suas metas”, conta Deândhela.

Identificar as interrupções e organizar o aumento de carga de trabalho no isolamento

A cada interrupção de foco, o cérebro pode demorar até 14 minutos para voltar ao que estava fazendo.

Por isso é tão importante que se programe as tarefas mais importantes do dia para momentos sem interrupção, assim a produtividade será maior e o trabalho flui de uma forma mais tranquila.

“Com o home office é difícil não ter interrupções durante todo o período de trabalho, evitar distrações e não se sobrecarregar com várias atividades é fundamental.

Por isso a dica é dar o seu melhor naquele período que é possível eliminar os ladrões do tempo e no restante do dia fazer as tarefas de forma mais leve”, finaliza a especialista.

Por Tathiane Deândhela é escritora e especialista em produtividade. Escreveu os livros “Faça o tempo trabalhar para você” que está na 5ª edição e “Faça o tempo enriquecer você”.