Imóveis de luxo são mais difíceis de vender? Veja dicas para os vender!

Há uma arte em precificar uma propriedade de luxo e nem todos têm o conjunto de habilidades para precificá-la corretamente

O estoque de luxo permaneceu alto em alguns mercados nos Estados Unidos. A CEO e corretora de imóveis de luxo, Luciane Serifovic, explica que isso se deve em parte porque essas propriedades demoram mais para serem negociadas do que outras com preço mais “acessível”.

“Há um grupo menor de potenciais compradores, o que pode fazer com que essas casas permaneçam no mercado por mais tempo e muitas mais de um ano”, disse.

A empresária explicou que no mercado para essas propriedades, os interessados podem sentir que tenha mais tempo para decidir e também há sempre mais casas a venda do que compradores.

Além disso, Luciane explicou que há uma arte em precificar uma propriedade de luxo e nem todos têm o conjunto de habilidades para precificá-la corretamente. “Em geral, os donos de casas de luxo valorizam sua casa muito mais do que realmente vale, enquanto o tempo no mercado é muito maior do que a média das casas no mercado.”

A corretora de luxo listou algumas das razões pelas quais uma casa de luxo poderia não ser vendida:

1. Muito caro e uma lacuna entre o preço e o que vale;
2. Corretores não sintonizado com a proposta de valor única da casa e não vendendo adequadamente o que é único e special;
3. Falta de marketing adequado para expor a casa à rede certa de compradores ricos.

A empresária, que é considerada uma referência na sua área, escreveu um livro chamado “os segredos para vender as casas que outros não conseguiram vender” onde revela todas as habilidades e procedimentos necessários para conseguir fechar negócios e conseguir vender mansões de luz.

Luciane Serifovic é uma potência imobiliária de luxo, líder de pensamento e CEO e fundadora da Luxian International Realty, a primeira empresa imobiliária internacional de luxo baseada virtualmente que usa a tecnologia blockchain no mundo.

Comentários estão fechados.