Com o passar dos anos a importação e exportação deixou de ser um objetivo distante, se tornando cada vez mais acessível aos empreendedores. Por isso, é essencial conhecer as particularidades.

Muitos gestores e empreendedores buscam formas para expandir os negócios, alavancar as vendas e a lucratividade, principalmente pelo fato do cenário econômico brasileiro passar por períodos de instabilidades e crises.

Para isso, o mercado internacional oferece as oportunidades ideais para elevar as possibilidades de sucesso, e com o avanço tecnológico, exportar e importar deixou de ser algo distante e complicado, favorecendo quem deseja investir e melhorar os resultados.

Você conhece os detalhes da importação e exportação? São atividades que estão crescendo cada vez mais devido aos inúmeros benefícios que proporcionam.

Neste post, confira as particularidades de cada modalidade e informações relevantes para compreender melhor o assunto!

Importar e exportar está em constante crescimento

Com a necessidade de estabilizar o negócio e manter uma lucratividade constante e sólida, as atividades de importação e exportação estão ganhando a preferência de quem deseja chegar a um patamar de sucesso.

As inúmeras oportunidades, sejam para vender produtos fabricados no Brasil ou importar e revender no mercado nacional são extremamente vantajosas, desde que realizadas com um planejamento adequado e específico.

Motivados pelas possibilidades no mercado internacional, cada vez mais empreendedores investem na importação e exportação, com o objetivo de ampliar a atuação no negócio e o seu público alvo.

Isso tem proporcionado benefícios incríveis e maior reconhecimento do país, no cenário mundial.

Fatores que influenciam nessa decisão

Alguns fatores são determinantes para abordar a importação e exportação como uma pauta realista e estratégica para o negócio.

São aspectos que influenciam diretamente na tomada de decisão e direcionam a gestão para novas metas e desafios.

Os fatores que podem influenciar são:

  • maiores oportunidades;
  • mercado mais estável;
  • menos riscos;
  • moeda valorizada;
  • preços justos;
  • maior resistência a períodos de crise.

Particularidades da importação

A importação é um processo que consiste em comprar mercadorias ou produtos fabricados em outros países.

É uma operação que envolve uma série de fatores, desde a compra, documentações, despacho aduaneiro e a logística.

Pode ser realizada por pessoa física ou jurídica, entretanto, existe diferenças de tributação entre elas.

As possibilidade envolvem importação própria, por encomenda ou conta e ordem.

É uma atividade que consiste nas seguintes etapas:

  • análise administrativa e tributária;
  • logística e transportes;
  • documentos e licenças necessárias;
  • liberação alfandegária;
  • processo de chegada e liberação da mercadoria;
  • entrega no local especificado.

Exigências da importação

O processo de importação é regido por leis dos países envolvidos, isso significa que são necessários procedimentos e documentos para garantir que toda a movimentação esteja regularizada e você não tenha contratempos e prejuízos.

As principais exigências são:

  • habilitação no Radar da Receita Federal;
  • acesso ao Siscomex;
  • licenças, permissões ou certificados caso seja solicitado;
  • DUIMP – Declaração Única de Importação.
Importação e exportação

Características da exportação

A exportação é um processo que consiste na saída de mercadorias ou produtos fabricados em território nacional, para o exterior.

Pode ser realizada em duas modalidades, a exportação direta e a indireta.

Uma característica importante da exportação é que os produtos fabricados para o comércio exterior devem ser adequados aos padrões internacionais, ou seja, é preciso analisar as normas técnicas, qualidade, atendimento às leis do país e certificações internacionais para certificar que o produto ou serviço atende as exigências

Exigências da exportação

A primeira etapa de um planejamento para exportação é se inteirar das exigências dos países, que pretende enviar os produtos.

O ideal é contratar um profissional para ajudar a entender as especificidades, antes de tomar decisões e investir pesado.

Os documentos exigidos dependem de cada produto e leis específicas dos países envolvidos.

De forma geral, os principais são:

  • fatura Proforma;
  • romaneio;
  • conhecimento de carga;
  • certificado de origem;
  • contratação de um seguro;
  • carta de crédito;
  • habilitação no Radar da receita Federal;
  • taxas e impostos.

Vantagens e desvantagens

Não existem dúvidas que a importação e exportação podem oferecer benefícios incríveis para um negócio, contudo, para um planejamento eficiente e preventivo é indispensável conhecer também as desvantagens.

Isso dará maior embasamento nas decisões e controle para evitar riscos.

Conheça as vantagens e desvantagens da importação e exportação!

Importação

As vantagens da importação são expressivas, pois além de obter estímulo do governo, os preços são atrativos, existe grande variedade de produtos de qualidade, acesso às inovações e novidades, aumento da competitividade no mercado nacional e proporciona maior lucratividade para o negócio.

As desvantagens são notáveis pela possível demora na entrega dos produtos, oscilações cambiais, exige uma programação eficiente, necessidade de fornecedores confiáveis e burocracia para adquirir a documentação necessária.

Exportação

A exportação também oferece vantagens interessantes, pois amplia a atuação de um negócio com aumento na produção e lucros.

Melhora a imagem da empresa no mercado, redução tributária, reduz a vulnerabilidade do negócio em períodos de crises no Brasil.

O custo inicial para adequar os produtos ou serviços nos padrões internacionais, dificuldades na primeira exportação, investimento em mão-de-obra qualificada, burocracias e atrasos para despachar a carga são consideradas desvantagens da exportação e precisam de um planejamento eficiente para serem evitadas.

Transferências internacionais: indispensável para importar ou exportar

Quem deseja investir na importação ou exportação deve realizar um planejamento minucioso, considerando todas as influências para uma gestão eficiente, se antecipando aos possíveis contratempos e buscando formas de reduzir os custos.

Nesse contexto, uma forma de reduzir os gastos é escolher um meio econômico para enviar dinheiro ao exterior, já que é um processo submetido a tarifas, que exigem atenção para evitar taxas abusivas e assim comprometer o valor final que deseja transferir.

A Remessa Online é uma empresa moderna que oferece serviços de transações internacionais com as melhores condições do mercado.

Por meio da plataforma digital, as operações são realizadas totalmente online, com todos os benefícios e praticidade que a tecnologia oferece.

A taxa é a mais baixa do mercado, fixa em 1,3% e você economiza até 8 vezes contribuindo para o seu planejamento financeiro, além dos processos serem concluídos em no máximo 1 dia útil.

Ideal para atender as suas necessidades com eficiência.

Tudo simples, operações livre de burocracias e credenciadas pelo Banco Central do Brasil, proporcionando comodidade, economia e segurança.

Aspectos que fazem a Remessa Online ser a melhor alternativa para transações internacionais.

Como você percebeu, a importação e exportação são uma grande tendência para o futuro, que devido ao avanço tecnológico, os obstáculos do mundo dos negócios se tornaram mais fáceis de serem superados, levando ao comércio global e sem fronteiras, beneficiando a todos.

Se você gostou do post e deseja saber mais sobre serviços financeiros que serão extremamente úteis nos processos de importação e exportação, acesse o site da Remessa Online e veja como podemos ajudar!