Accountant at work in his office

Os índices contábeis são resultados obtidos por meio da análise contábil do negócio. São essas respostas que representam a real situação de um empreendimento. Neste artigo, você compreenderá a importância da avaliação dos índices contábeis de uma empresa para uma gestão mais inteligente do negócio.

Deu a louca na Ensino Contábil, cursos de 80 a 110 reais (Saiba Mais)

Como você verá no decorrer deste texto, a capacidade de avaliar os índices contábeis resultantes da análise minuciosa dos resultados da organização permite que o empresário tenha uma visão ampla sobre as tendências da corporação e as possibilidades que podem ser alcançadas pela empresa.

Mas, antes de ingressar especificamente na seara da importância dos índices contábeis, é importante conhecer o conceito que rege essa estratégia de gestão. Continue acompanhando este artigo e descubra!

Entendendo os conceitos

Índices contábeis são informações produzidas por meio do trabalho desenvolvido pelo setor contábil. A diversidade de relatórios e informações geridas pela contabilidade é organizada e submetida a análises estratégicas que possam beneficiar a adoção de estratégias seguras para o desenvolvimento salutar de um negócio.

Esses relatórios, de forma geral, são utilizados para analisar a situação patrimonial da empresa, as alterações ocorridas no patrimônio ou avaliar alguma informação econômico-financeira mais específica.

Além disso, há relatórios que devem ser elaborados obrigatoriamente, devendo ser entregues ao Fisco para demonstrar a regularidade das atividades desenvolvidas pela empresa.

Todas essas informações são valiosas para a organização e, por isso, podem ser utilizadas como ferramenta de gestão estratégica.

Avaliação dos índices contábeis

A avaliação dos índices contábeis é uma técnica imprescindível para as empresas que buscam investir em estratégias de gestão eficientes. Por isso, tanto o empresário como o contador precisam ter um conhecimento a respeito da importância da avaliação dos índices para o desenvolvimento do negócio.

Isso porque a avaliação traz informações substanciais que proporcionam ao gestor a possibilidade de transformar esses dados em crescimento e ganhos para a corporação.

A análise dos índices leva em consideração técnicas e métodos específicos. De forma geral, o contador que assessora a empresa já deve realizar um bom trabalho de mapeamento e organização das informações contábeis e fiscais.

Com essas informações organizadas, o profissional, em conjunto com os gestores, definirá quais serão os indicadores escolhidos para ser objeto da análise. Esses dados serão comparados a padrões já estabelecidos e que permitam a parametrização das informações.

Por fim, após colher informações e compará-las aos parâmetros já estabelecidos, o contador poderá chegar a um diagnóstico conclusivo, que permitirá a orientação do empresário para a posterior tomada de decisões.

Tipos de índices contábeis

Um dos principais relatórios contábeis utilizados pelas empresas é o balanço patrimonial. Esse documento retrata a real situação patrimonial do empreendimento, permitindo o conhecimento sobre os bens, direitos, obrigações, deveres e estrutura da companhia.

Além disso, a Demonstração de Resultados do Exercício (DRE) é outra fonte interessante de informações para a gestão da empresa. Trata-se de um sistema de cálculo realizado pelos contadores e que apura receitas e despesas de acordo com a ocorrência do fato gerador, e não quando do seu efetivo recebimento ou desembolso.

Após conhecer essas duas ferramentas de demonstrações contábeis relevantes para o negócio, conheça quais são os principais índices contábeis!

Liquidez corrente

A liquidez corrente é calculada por meio da avaliação do ativo e passivo circulantes. Essas informações são obtidas pela análise de dados como: caixa, estoques, clientes, empréstimos, impostos e obrigações em geral.

O resultado é obtido por meio da seguinte fórmula:

Ativo Circulante/Passivo Circulante = Liquidez Corrente

Se o resultado obtido por meio da aplicação dessa fórmula for superior a “1”, significa que há disponibilidade para liquidação das obrigações. Todavia, se for igual a “1”, significa que os valores de direitos e obrigações são equivalentes.

Por outro lado, se o resultado da aplicação da fórmula for inferior a “1”, é sinal que a empresa não possui recursos para quitar suas obrigações a curto prazo.

Liquidez imediata

A liquidez imediata é um índice utilizado para avaliação da situação do empreendimento a curto prazo.

O índice de liquidez imediata é obtido por meio da seguinte fórmula:

Disponível/Passivo Circulante = Liquidez Imediata

Liquidez seca

O índice de liquidez seca tem a função de avaliar a relação das obrigações do passivo circulante com os ativos de maior liquidez, excluindo as informações relativas ao estoque.

O índice de liquidez seca é obtido por meio da seguinte fórmula:

(Ativo Circulante – Estoque) / Passivo Circulante = Liquidez Seca

Liquidez geral

O índice de liquidez geral traz informações sobre a situação da empresa a longo prazo. Ele está diretamente relacionado ao balanço patrimonial, mencionado anteriormente.

O índice de liquidez geral é obtido por meio da seguinte fórmula:

(Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo)/

(Passivo Circulante + Passivo não Circulante) = Liquidez Geral

Vale destacar que a análise de liquidez de uma empresa deve levar em consideração o estudo e avaliação dos índices contábeis de forma simultânea. Dessa forma, fica mais fácil compreender quais são as necessidades da organização e qual é a sua situação de forma geral.

Por isso, é importante que o profissional da contabilidade esteja atento à realização de um balanço patrimonial completo e que represente a realidade da companhia. Assim, essa avaliação permite ao gestor se munir de informações compatíveis com a verdade e que possam efetivamente beneficiar na adoção de estratégias para o negócio.

Procedimento de aplicação da análise

Existem diversos procedimentos de aplicação da análise/avaliação dos índices contábeis. Esses processos dependerão das características de cada negócio e devem ser avaliados pelo profissional da contabilidade.

De forma geral, podemos citar três modalidades de avaliação dos índices contábeis:

  • avaliação intrínseca: representa a análise exclusiva de elementos qualitativos internos;
  • avaliação por índice-padrão: representa a comparação do índice da empresa com um índice-padrão;
  • comparação temporal: representa a avaliação dos dados da organização no transcurso de períodos sequenciais.

Impacto na gestão empresarial

Conhecer a realidade da empresa e estar ciente a respeito dos seus resultados e da sua capacidade econômico-financeira é muito importante para a adoção de boas estratégias de gestão.

É somente por meio da avaliação de resultados e informações que representem a realidade do negócio que o empresário tem reais condições de compreender quais são seus pontos fortes e fracos.

O contador assume um papel representativo nesses procedimentos, já que é por meio da sua avaliação que a empresa terá embasamento técnico que garante a veracidade e a segurança das informações e dos índices objeto de avaliação e análise estratégica.

Via BLB Brasil

Comente

Comentários

Deixe uma Dúvida