Imposto de Renda 2018: veja o que mudou na hora de declarar o carro

yaris

O prazo para entregar a declaração do Imposto de Renda vai até 30 de abril. Uma das principais diferenças da declaração deste ano é que ela exige mais informações sobre os bens do contribuinte, como imóveis, veículos, depósito em conta e aplicações.

Quem possui automóvel deve declarar a posse na ficha ‘Bens e Direitos’ e escolher o código ‘21 – Veículo automotor terrestre’. Neste ano, a declaração possui o campo ‘Discriminação’, onde o contribuinte deve informar marca, modelo, ano de fabricação, placa ou registro, data e forma de aquisição do carro.

‘O contribuinte deverá incluir informações complementares, com número do Renavam ou registro no correspondente órgão fiscalizador. Apesar de ainda não ser obrigatório, é interessante inserir a informação no espaço determinado. Nos próximos anos, o preenchimento será obrigatório’, disse o diretor executivo da Confirp Consultoria Contábil, Richard Domingos.

Se o veículo tiver sido comprado em 2017, o contribuinte deve deixar em branco o campo ‘Situação em 31/12/2016’. Nesse caso, deve preencher somente o campo de 2017. Se o contribuinte já possuía o bem, basta repetir a informação enviada na declaração anterior.

‘Este item diz respeito ao custo de aquisição do carro, e é importante frisar que o valor não muda com o passar do tempo”, diz Domingos. “É que a Receita não está preocupada com desvalorização do veículo, mas no que você pode obter em relação ao ganho de capital com ele em caso de compra ou venda.’

Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Anúncios

DEIXE UMA RESPOSTA

Coloque seu comentpario
Coloque o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.