Imposto de Renda 2022: É o momento de reunir os documentos!

Se organize, reunir a sua documentação é uma parte importante para você que vai declarar o Imposto de Renda em 2022.

Juntar toda documentação para realizar a Declaração do Imposto de Renda (IR) em 2022 é fundamental, esse é o passo inicial e um dos mais importantes para evitar problemas inesperados.

Para declarar o IR este ano você terá que reunir todos seus comprovantes e documentos pessoais. Já é o momento de iniciar a sua preparação para o cumprimento desta obrigação.

Acompanhe este artigo até o final e organize a sua documentação para a Declaração do Imposto de Renda de 2022 com as nossas orientações.

Boa leitura!

O Imposto de Renda em 2022 

Anualmente a Receita Federal divulga as novas regras para enviar a Declaração do IR, este ano será provavelmente no final deste mês, então, é momento de se organizar e separar a documentação necessária.

O envio desta declaração em 2022 para o cidadão obrigado deverá começar no início do mês de março, então, não é nenhum exagero separar toda documentação necessária o mais rápido possível.

A sua declaração de 2021 (se houver) servirá de base para você saber quais informações mudaram, ela te ajudará bastante.

O programa da IRPF/2022 permitirá que você importe informações do arquivo da declaração passada, facilitando a sua vida

A declaração de Imposto de Renda 2022 é uma declaração utilizada para o cidadão prestar contas com o fisco, apresentando todos os ganhos e todo o patrimônio até o último dia de 2021 (31).

Comprovante de rendimentos

As empresas devem entregar até o último dia útil do mês de fevereiro aos seus funcionários, o comprovante de rendimentos do ano passado (2021).  

No comprovante de rendimentos estão presentes as seguintes informações: 

  • Valores de salário recebidos em 2021; 
  • Valores de Impostos pagos na fonte e de INSS.
  • Gastos com o plano de saúde coletivo 
  • Depósitos no plano previdenciário da empresa.

Os bancos e corretoras também devem obrigatoriamente apresentar, até o último dia útil de fevereiro, o informe de rendimentos dos clientes. 

Hoje em dia, na maioria das organizações, o comprovante não é mais enviado por correio, entretanto, ele pode ser obtido digitalmente no site da instituição.

Atenção com a documentação

A Receita Federal geralmente fiscaliza com muito rigor as despesas com saúde, afinal, os valores gastos pelo contribuinte, cônjuge e dependentes podem ser deduzidos integralmente do Imposto de Renda.

Portanto, junte toda sua documentação com atenção, principalmente os comprovantes ligados a gastos com saúde, para evitar ser pego pelo Leão (Receita Federal) e cair na malha fina.

Gastos relacionados à educação são deduzidos, porém, não todos. A Receita aceita apenas os gastos com escolas de ensino infantil, fundamental, médio, superior, pós-graduação e técnico. 

Dica Extra do Jornal Contábil : Aprenda a fazer Declaração de Imposto de Renda. Aprenda tudo de IR em apenas um final de semana

Conheça nosso treinamento rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber sobre IR. No curso você encontra:

Conteúdo detalhado, organizado e sem complexidade, vídeo aulas simples e didáticas, passo a passo de cada procedimento na prática. 

Tudo à sua disposição, quando e onde precisar. Não perca tempo, clique aqui e aprenda a fazer a declaração do Imposto de Renda.

Comentários estão fechados.