Imposto de Renda: Como fazer a retificação depois de ter caído na malha fina?

Conheça os tipos de retificação e quais são os maiores motivos para que o contribuinte caia na malha fina.

No dia 6 de outubro, a Receita Federal publicou que 869.302  declarações do Imposto de Renda ficaram retidas. Isso é resultado de mais de 36 milhões de repasses finais das restituições do Impostos de Renda de 2021.

Conforme informações da Receita Federal, a exclusão de faturamentos é o grande motivo para que as declarações caiam na malha fina, sendo responsável por 41,4% dos casos. Os valores de salários, ações judiciais e faturamento de aluguel estão entre os lucros não declarados.

Outra causa para a retenção das declarações de Impostos de Renda é a falha no abatimento, como: despesas médicas, arrecadações para a previdência (social ou privada) e pagamento de pensão alimentícia. Essas falhas totalizam 30,9% dos casos.

O que é o Imposto de Renda?

É um imposto federal sobre a renda. Ele está relacionado com a evolução patrimonial do cidadão. Para saber quais são os rendimentos dos cidadãos, o governo solicita que eles informem seus dados para a Receita Federal.

 O que significa “cair na malha fina”?

Significa que a declaração ficará retida na Receita Federal por causa de alguma falha, como valor errado, faturamento omitido, dados cadastrais incorretos, ou até mesmo fraude na avaliação

Como é feita a retificação da declaração de Imposto de Renda?

O primeiro passo é saber se sua declaração de Imposto de Renda realmente caiu na malha fina, para isso é necessário conferir o extrato no Centro de Atendimento Virtual da Receita Federal.  O cidadão precisará informar o seu código de acesso, senha, número do CPF/CNPJ, certificado digital (se tiver) ou o login no Portal Gov.br.

Ao acessar o Centro de Atendimento Virtual da Receita Federal, escolha a opção “Meu Imposto de Renda”.  Em seguida aparecerá uma linha do tempo com suas últimas declarações de Imposto de Renda entregues. Verifique se a declaração de 2021 está retida e qual é o motivo.

Quais as opções que o cidadão tem para fazer a retificação?

Existem algumas maneiras de fazer a retificação. Sendo que a correção, através de declaração retificadora, acontece sem multa ou punição. Nesta opção, a declaração será preparada e voltará para a fila de restituições. O pagamento pode acontecer em um lote residual posterior.

Importante: Quando o contribuinte é intimado ou recebe notificação da Receita Federal, a única maneira de sair da malha fina é através da apresentação via internet, de todos os comprovantes e documentos que confirmam os valores declarados. Nesse caso, o cidadão deve entrar com um Processo Digital para Malha Fina no site da Receita Federal.

Comentários estão fechados.