Índice vacinal contra febre aftosa atinge recorde de 99,6% no MS

No total, 9.119.303 bovinos e bubalinos foram vacinados.

A Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) apresentou os resultados de uma campanha de vacinação contra a febre aftosa para áreas serranas, que começou no dia 1º e terminou no dia 30 de novembro, e para os que optaram pelo Pantanal, que encerrou dia 15 de dezembro.

Em relação à fase de novembro de 2020, o índice de vacinação atingiu 99,62%, um aumento de 0,19% em relação ao período de novembro de 2020. 

No total, 9.119.303 bovinos e bubalinos foram vacinados.

Ressaltamos que, devido às nossas características geográficas e fronteiras com a Bolívia e o Paraguai, nosso Estado tem demonstrado anualmente que está pronto para cuidar de nosso patrimônio pecuário e não precisa estender o período de vacinação como os 14 estados, por falta de vacina nas revendas, conforme autorização do Ministério da Agricultura (Mapa).

Daniel Ingold, Diretor Presidente da Iagro, avalia que, os resultados já são esperados a cada ano, haja vista o envolvimento dos produtores rurais e de toda cadeia produtiva da carne, que compreendem a importância em manter a sanidade do seu rebanho como pré-requisito para a elevação do status sanitário através da retirada da vacinação prevista para este ano em Mato Grosso do Sul.

O MS está caminhando para a retirada da vacina, buscando o reconhecimento internacional da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) para áreas livres não vacinadas.

Portanto, segue as diretrizes do Plano Estratégico do Programa Nacional de Vigilância da Febre Aftosa (PNEFA) do Ministério da Agricultura.

Comentários estão fechados.