Informe de Rendimentos: Veja para que serve e como retirar

0

Os contribuintes brasileiros estão se preparando para acertar as contas com o Fisco.

Por isso, agora é a hora de reunir a documentação necessária e, dentre elas, está o informe de rendimentos.

Neste documento constam todos os ganhos que foram auferidos ao longo de 2020.

Desta forma, o informe deve estar entre os anexos da DIRPF (Declaração do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física), a fim de identificar os rendimentos que são tributáveis, isentos ou não tributáveis. 

Diante da importância desse comprovante, elaboramos esse artigo para que você entenda melhor para que serve o informe de rendimentos e como retirá-lo. 

Como obter o informe de rendimentos?

Ao começar a preencher sua declaração do IR, é comum notar que está faltando algum comprovante de rendimentos.

Então, saiba que esse documento é emitido pelas instituições financeiras, empregadores e outras fontes que efetuaram a retenção de imposto de renda.

Para entender melhor, todas as pessoas, sejam elas físicas ou jurídicas e que tenham efetuado pagamentos para outra PF ou PJ, cujos valores estejam sujeitos à retenção do IR na fonte, devem fazer o envio do anexo preenchido. 

Assim, os principais responsáveis pelo preenchimento do informe são: empresas contratantes, bancos, INSS, além de corretoras e gestoras independentes e a própria pessoa física.

Além disso, se você é funcionário de uma empresa ou, mesmo, foi contratado por uma como autônomo, deve solicitar à Pessoa Jurídica que disponibilize o informe. 

É importante ressaltar que o comprovante deve ser disponibilizado até o último dia útil do mês de fevereiro do ano subsequente.

Desta forma, se você precisa do informe de rendimentos, a orientação é entrar em contato com as fontes pagadoras o quanto antes, a fim de solicitar o documento. 

Em caso de negativa, o contribuinte deve acionar a Receita Federal e comunicar a situação.

Mas chamamos sua atenção para a seguinte situação: mesmo com a falta do comprovante de rendimentos, é preciso apresentar a Declaração de Ajuste Anual até o prazo fixado, a fim de evitar penalidades. 

Designed by @katemangostar / freepik
Designed by @katemangostar / freepik

Tipos de informe de rendimentos

As fontes pagadoras devem disponibilizar os comprovantes, então, eles podem ser de diferentes tipos.

Dentre eles, estão:

  • Previdência Privada;
  • Poupança;
  • Pensão;
  • Fundo de Aposentadoria Programada;
  • Décimo terceiro salário;
  • Indenização por rescisão de contrato de trabalho;

Vale ressaltar que também existem os Informes de Rendimentos de Pessoa Jurídica para Pessoa Jurídica e de Pessoa Física para Pessoa Física.

Utilize o informe em outras situações 

Falamos acima que o comprovante é necessário para a elaboração da Declaração do Imposto de Renda.

Mas, é importante saber também que você pode utilizar esse documento em outras situações para comprovar sua renda. 

Então, saiba que o informe de rendimentos pode ainda ser solicitado em casos de pedido de empréstimos, financiamento de imóvel e outros bens como a compra de carros, ou mesmo quando se pede um cartão de crédito ou serviços bancários.

Desta forma, o informe de rendimentos é uma boa opção para aqueles que não possuem comprovações de renda como a carteira de trabalho, recibo de salário ou pró-labore.

Dica Extra do Jornal Contábil : Aprenda a fazer Declaração de Imposto de Renda. Aprenda tudo de IR em apenas um final de semana

Conheça nosso treinamento rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber sobre IR. No curso você encontra:

Conteúdo detalhado, organizado e sem complexidade, videoaulas simples e didáticas,passo a passo de cada procedimento na prática. 

Tudo a sua disposição, quando e onde precisar. Não perca tempo, clique aqui e aprenda a fazer a declaração do Imposto de Renda.

Por Samara Arruda