INSS: Aposentadoria Híbrida 2021

0

Você sabe o que é aposentadoria híbrida? E quais são os requisitos para requerer este Benefício? 

Na matéria de hoje vamos esclarecer essas dúvidas, até porque depois da Reforma da Previdência alguns fatores ficaram confusos em relação a este benefício.

Continue conosco e fique por dentro do assunto. 

O que é aposentadoria híbrida? 

Esta categoria irá permitir que o funcionário some o tempo de atividade rural, com o tempo de atividade urbana para que seja alcançada a carência necessária. 

Os requisitos para requerer este benefício continua sendo a mesma da aposentadoria urbana 

Para ficar mais claro, trata-se de um benefício para os trabalhadores que iniciaram suas atividades laborais no meio rural e depois migraram para as atividades urbanas. 

Antes de ocorrer a Reforma da Previdência, este benefício era conhecido como “Aposentadoria por idade híbrida”, mas de acordo com a EC n 103/2019, não existe mais a “ aposentadoria por idade”.

Quais são os requisitos para a aposentadoria híbrida? 

Para cumprir os requisitos vai depender se o segurado conseguiu o direito de se aposentar antes ou depois da Reforma.

Veja!

Requisitos antes da Reforma da Previdência 

  • Carência de 180 meses;
  • Idade de 60 anos para mulheres e 65 anos para homens.

Portanto, se o trabalhador cumpriu os requisitos até o dia 13/11/2019 que foi a data da publicação da Reforma, ele pode requerer seu benefício utilizando as regras antigas. 

Requisitos depois da Reforma da Previdência 

  • Tempo de contribuição de 15 anos;
  • Idade de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens.

Valor do benefício depois da Reforma da Previdência 

Neste caso é necessário fazer a divisão levando em consideração antes e depois da Reforma Previdenciária

Para quem conseguiu até o dia 13/11/2019, o valor do benefício será calculado da seguinte maneira: 

  • Será realizado o cálculo do Salário do Benefício até essa data com média dos 80% dos maiores salários;
  • Desta média, é disponibilizado 70% + 1% para cada ano de carência, existindo uma limitação dessa porcentagem em até 100%.

Agora veja o cálculo deste benefício após a Reforma: 

  • Será utilizado usando a média de todos os salários;
  • Desta média, é disponibilizado 60% + 2% ao ano que ultrapassar 20 anos de tempo de contribuição para homens ou 15 anos de contribuição para mulheres.

Conclusão 

Esteja atento às mudanças e aos requisitos para que seu benefício não seja negado, mantenha-se informado e se possível procure a ajuda de profissionais da área.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Laís Oliveira