INSS: Aposentados recebem benefício ainda esta semana

No próximo dia 24, o INSS começa pagar mais a rodada dos repasses mensais, destinados a aposentados, pensionistas e demais segurados. 

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), confirmou o próximo calendário de pagamentos mensais aos aposentados, pensionistas e demais beneficiários. Conforme o divulgado, os repasses começam ainda nesta sexta-feira (24), e se encerram no dia 7 julho, quando todos os segurados amparados por algum benefício intermediado pela autarquia terão recebido. 

Lembrando que nenhum segurado com direito aos recursos do INSS, recebe menos que um salário mínimo (R$ 1.212 em 2022), ou seja, este valor corresponde a menor parcela paga pelo instituto. Segundo dados oficiais, cerca de 60% dos mais 36 milhões de beneficiários da autarquia, recebem o equivalente ao piso nacional, os demais são contemplados com valores variados e superiores ao piso, porém, limitados ao teto da previdência (R$ 7.087,22 em 2022). 

Entendendo essa divisão, o INSS organiza seu cronograma de pagamentos, primeiramente conforme o final do NIS (Número de Identificação Social), mas também estabelece um dois calendários, sendo um para quem recebe o equivalente ao salário mínimo, e outro voltado aos segurados que ganham acima da base salarial nacional. 

Quais são os benefícios pagos pelo INSS?

Quando falamos em previdência ou no INSS, é comum pensar na aposentadoria, auxílio-doença ou pensão por morte, afinal de contas estes são os proventos mais conhecidos. Por sua vez, o instituto é responsável pelo pagamento dos mais diversos benefícios. Confira uma lista completa: 

  • Aposentadoria por invalidez;
  • Aposentadoria por Idade Rural;
  • Aposentadoria por Idade Urbana;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição do professor;
  • Aposentadoria por Tempo de Contribuição (segurados incluídos na regra de transição);
  • Aposentadoria da Pessoa com Deficiência por Idade;
  • Aposentadoria da Pessoa com Deficiência por Tempo de Contribuição;
  • Aposentadoria especial por tempo de contribuição; 
  • Pensão por Morte;
  • Pensão por Morte Rural;
  • Pensão especial por hanseníase;
  • Pensão especial destinada a crianças com Síndrome Congênita do Zika Vírus;
  • Pensão especial da síndrome da Talidomida;
  • Auxílio-Acidente;
  • Auxílio-doença acidentário;
  • Auxílio-doença comum;
  • Auxílio-Reclusão Rural;
  • Auxílio-Reclusão Urbano;
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC): pago para idosos e pessoas com deficiência;
  • Para os trabalhadores portuários avulsos.
  • Salário-maternidade;
  • Seguro-defeso;
  • Salário-família.

Veja quando o seu benefício será pago 

Como dito, para saber a data exata do pagamento será preciso verificar o último dígito do NIS, desconsiderando o verificador, ou seja, não leve em conta o número localizado após o traço. Dito isso, confira a seguir o calendário completo do INSS para este mês: 

Para quem ganha o equivalente a um salário mínimo

  • NIS final 1: 24 de junho;
  • NIS final 2: 27 de junho;
  • NIS final 3: 28 de junho;
  • NIS final 4: 29 de junho;
  • NIS final 5: 30 de junho;
  • NIS final 6: 1º de julho;
  • NIS final 7: 4 de julho;
  • NIS final 8: 5 de julho;
  • NIS final 9: 6 de julho;
  • NIS final 0: 7 de julho.

Para quem ganha acima de um salário mínimo 

  • NIS final 1 e 6: 1º de julho;
  • NIS final 2 e 7: 4 de julho;
  • NIS final 3 e 8: 5 de julho;
  • NIS final 4 e 9: 6 de julho;
  • NIS final 5 e 0: 7 de julho.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Comentários estão fechados.