É preciso ficar atento a contribuição previdenciária já que a Receita Federal fiscaliza profissionais que trabalham por conta própria por meio da “Operação Autônomos”, que tem como objetivo combater a sonegação por parte dos contribuintes.

Para realizar o pagamento do INSS como autônomo três passos devem ser tomados, sendo eles: 

  • fazer a inscrição no Programa de Integração Social (PIS);
  • escolher o tipo de contribuição;
  • preencher a Guia da Previdência Social (GPS) e pagar este documento.

Microcrédito para MEI: Bancos e taxas

Mas o que é a GPS?

A GPS é o documento utilizado para pagar o seguro recolhido pelo INSS (Instituto Nacional de Seguro Social) , garantindo ao contribuinte a sua aposentadoria caso efetue seu pagamento mensal. Além de proporcionar direitos como o auxílio doença, pensão por morte, auxílio acidente, auxílio maternidade e outros benefícios, a GPS também é usada para o recolhimento de contribuições sociais pelos trabalhadores autônomos, contribuintes individuais e facultativos, empresas, empregados domésticos e segurados especiais.

O Profissional pode gerar a Guia da Previdência Social (GPS) pela Internet, sem precisar ir ao Centro de Atendimento ao Contribuinte da Receita Federal.

É recomendado que se inicie o pagamento da GPS o mais cedo possível, pois nunca se sabe até quando se pode trabalhar.

O pagamento do INSS como autônomo só é possível para quem trabalha sem vínculo empregatício e presta serviço para pessoa física. Nos dois casos, você será inscrito como contribuinte individual no INSS. 

Vale lembrar que o Microempreendedor Individual (MEI)também paga o INSS , porém, o meio de pagamento é  através de guia DAS-MEI que é gerada no próprio Portal do Empreendedor. Quando o MEI  paga a sua contribuição em dia ele passa a ter direito a vários benefícios como : aposentadoria por idade e invalidez, salário maternidade, auxílio-doença, (para gestantes e adotantes), além do direito de auxílio reclusão e pensão por morte para a família.

Portanto, há muitas vantagens para quem realizar o pagamento do INSS como autônomo, além de estar dentro da lei, o mesmo evita multas e penalizações.

Conteúdo via 2MGA

Anúncios