INSS: Conheça os motivos de cancelamentos de benefícios como Auxílio-doença, Aposentadoria por invalidez e BPC-Loas

1
1897

Os principais motivos de cancelamentos de benefícios do INSS: Auxílio-doença, Aposentadoria por invalidez e BPC-Loas. Após um trabalho de revisão de benefícios sociais concedidos pelo governo federal, 422 mil serão cancelados, sendo 228 mil auxílios-doença, 43 mil aposentadorias por invalidez e 151 mil benefícios de Prestação Continuada (BPC). O trabalho de revisão de benefícios vai continuar até o fim do ano. O anúncio foi feito na segunda-feira (16), em Brasília, pelos ministros do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, e do Planejamento, Esteves Colnago.

Diversos benefícios de programas sociais estão sendo revisados pelo governo federal, para verificar se os beneficiários ainda cumprem os requisitos apresentados no momento da concessão do auxílio. Segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, o objetivo é revisar 1,8 milhão de benefícios, entre auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. Após o pente fino, a expectativa do governo é chegar a 1,1 milhão de benefícios mensais. A economia total com as medidas pode chegar a R$ 20 bilhões.

Auxílio-doença – INSS

No caso do auxílio-doença, os beneficiários foram convocados para novas perícias. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, na primeira fase, entre 2016 e fevereiro de 2018, foram realizadas 252 mil revisões de um universo de 553 mil previstas. Destas, 228 mil foram canceladas, seja por indicação da perícia ou por não comparecimento, um índice de cerca de 82%.

Desde agosto de 2016, a revisão de auxílio-doença gerou economia de R$ 7,6 bilhões.

Aposentadoria por invalidez – INSS

Quarenta e três mil benefícios de aposentadoria por invalidez serão cancelados. Neste caso, como há um processo de transição para o cancelamento total, que se estende por um ano e meio, a economia em 2018 será de R$ 500 milhões mas pode chegar a R$ 5 bilhões em 2019.

Prestação Continuada – INSS

O Benefício de Prestação Continuada é oferecido a 4,4 milhões de beneficiários de baixa renda, sendo 2,4 milhões de idosos e 2 milhões de pessoas com deficiência.

O governo vai cancelar 151 mil benefícios de pessoas que não atendem mais os requisitos mínimos para receber o auxílio. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, a economia com os cancelamentos pode chegar a R$ 1 bilhão por ano.

GovData

A revisão do BPC, especificamente, foi feita a partir da uma nova plataforma de integração de dados de bancos e sistemas do governo federal, denominada GovData. A plataforma integra dados de 14 bases e a expectativa é de que outras sejam incorporadas brevemente.

“As bases vão ser atualizadas mensalmente. Todo mês o governo vai poder saber se o dinheiro está sendo bem alocado e se as pessoas cumprem os requisitos mínimos pra continuar a receber [o benefício]”, informou o ministro do Planejamento, Esteves Colnago.

1 COMMENT

  1. isso que o governo esta mandando o inss e os medicos da pericia que na verdade nao sao medicos eles estao cancelando beneficio de pessoas que ainda nao tem condiçoes de trabalhar so para eles receberem um bonos do governo so por dinheiro e joga no lixo tudo que estudou para salva vidas humana eles ve o paciente como sifrao e nao como humanos que precisa de um bom medico ,eu levei na pericia o laudo do medico do hospital de crinicas de SAO BERNADO DO CAMPO e raios X do femur que foi quebrado em trez partes a dois anos e meio ainda estou com ferros e parafussos no femur todo sem contiçoes de trabalho mas o medico da pericia mostrando certo espanto vendo os ferros e parafusos e junto com o laudo do hospital ele esqueceu que era medico e passo a ser mercenario e cancelou meu beneficio simples assim e desse tipo falso medicos que o governo gosta ,do salario do meu trabalho paquei impostos que gerou os pagamentos desses falsos medicos e desse governo de corruptos que trabalha contra o povo sento empregado do povo isso e um absurdo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.