De acordo com reportagem do jornal O Globo, o Governo Federal pretende terceirizar a gestão de benefícios como auxílio-doença, acidente de trabalho e salário-maternidade. Atualmente geridos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), os benefícios somam R$ 130 bilhões ao ano, o equivalente a 22% de sua despesa anual.

No entanto, o pagamento de aposentadorias e de parte das pensões continuará exclusivo do INSS.

Segundo o projeto de lei que o Governo enviará ao Congresso, as empresas poderão optar por recorrer às seguradoras, tendo uma redução na alíquota previdenciária patronal de 20%.

A possibilidade de competição neste mercado foi criada pela reforma da Previdência. O governo avalia que o aumento da concorrência incentivará as empresas a investirem mais na prevenção de acidentes, em busca de seguros mais baratos.

PIS/Pasep

Com segs.com.br

INSS: Aumenta muito o número de benefícios que só saem na Justiça

 

 

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.