INSS: Instituto não tem servidores suficientes para reabrir as agências

0

As agências do INSS enfrentam dificuldades para reabrir agências durante a pandemia, em decorrência ao número de servidores ativos que diminuem ano a ano e por isso o INSS enfrenta dificuldades para reabrir agências durante a pandemia. 

O que entendemos é que falta atendimento presencial cultural, que é determinada principalmente pela faixa etária atendida, porém reabrimos parcialmente o dispositivo por que não havia servidores suficientes e esses servidores não foram comprometidos, isso de acordo com o Gerente Executivo do INSS. 

De 97 órgãos de previdência do estado, 41 ainda não contam com atendimento presencial. 

De acordo com o Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário, o estado atual da seguridade social e dos serviços sociais é caótico. 

INSS

Falta de servidores 

Este é um problema de previdência de muito tempo e com a pandemia este problema se tornou mais grave, as pessoas ficavam horas esperando para serem atendidas no 135. 

Número de funcionários no INSS

Atualmente o INSS possui 20.893 funcionários em todo o território nacional, sendo 7.249 estão analisando benefícios e 5.959 atendendo a segurados.

Contratação de 21 mil novos funcionários 

Para a Federação Nacional dos Trabalhadores na saúde, trabalho, previdência e Assistência Social (Fenasps), é necessária a contratação de mais 21 mil novos funcionários para atender às necessidades do INSS. 

Agências do INSS

A agência informou em comunicado que está realizando pesquisas e estima que até maio de 2021 concluirá a definição e o planejamento da escala de recursos humanos de médio e longo prazo. 

Isso permitirá a realização de concursos a partir de 2020, quando os contratos dos servidores aposentados e dos civis temporários selecionados neste ano serão encerrados por meio de processo seletivo simplificado. 

Por Laís Oliveira