INSS libera pagamento para aposentados que recebem acima do salário

Para os beneficiários que recebem um salário mínimo, o pagamento foi liberado a partir do dia 24 de junho

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começou a pagar nesta sexta-feira (1º) o benefício dos aposentados que recebem acima de um salário mínimo.

Para os beneficiários que recebem um salário mínimo, o pagamento foi liberado a partir do dia 24 de junho. Mais de 36 milhões de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vão receber o benefício mensal. 

Como consultar o benefício?

Através do site ou aplicativo Meu INSS é possível consultar o valor que será depositado na folha de pagamento do mês de junho.

Será permitido que você acesse diversos serviços relacionados à Previdência Social, como verificar o tempo de contribuição do trabalhador, simular o valor da aposentadoria, consultar o extrato de pagamento de benefícios e agendar ou remarcar perícias médicas.

Segundo a Previdência, a maior parte dos segurados, algo em torno de 24 milhões, recebem o benefício de um salário mínimo. O depósito para esse grupo segue até o dia 07 de julho.

Já os 12 milhões recebem benefícios acima de um salário mínimo. O cronograma de pagamento de junho começou nesta sexta-feira, 1º de julho e seguirá também até a quinta-feira da semana seguinte, dia 7. 

Para saber o valor do benefício basta observar o número do cartão pelo qual recebe a aposentadoria, pensão ou auxílio. O número final do cartão, sem considerar o dígito verificador (número após o traço) vai indicar no calendário o dia em que o benefício será depositado.

Calendário do INSS – Junho de 2022

Para quem ganha um salário mínimo:

final do benefício 1 – 24 de junho;

final do benefício 2 – 27 de junho;

final do benefício 3 – 28 de junho;

final do benefício 4 – 29 de junho;

final do benefício 5 – 30 de junho;

final do benefício 6 – 1º de julho;

final do benefício 7 – 04 de julho;

final do benefício 8 – 05 de julho;

final do benefício 9 – 06 de julho;

final do benefício 10 – 07 de julho.

Para quem recebe acima do piso nacional:

final do benefício 1 e 6 – 01 de julho;

final do benefício 2 e 7 – 04 de julho;

final do benefício 3 e 8 – 05 de julho;

final do benefício 4 e 9 – 06 de julho;

final do benefício 5 e 0 – 07 de julho.

14º salário do INSS fica para 2023

O Projeto de Lei 4367/20 que institui o pagamento excepcional de um 14º salário para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não tem muitas chances de ser aprovado em 2022.

O que vem decepcionando os segurados que esperam por esse benefício desde 2020.  O 14º salário seria uma forma de compensar os impactos causados pela pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o relator da proposta na CCJC, o deputado Ricardo Silva (PSD-SP): 

“Infelizmente, em seu último trâmite, um ato nada usual do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), retirou de pauta e submeteu à análise de comissão especial. Esse gesto, por si, mata qualquer possibilidade de análise neste ano. Mas não desistiremos de lutar pelos aposentados e pensionistas”.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Comentários estão fechados.