O CNP – Conselho Nacional da Previdência aprovou a redução do teto de juros do crédito consignado do INSS para aposentados e pensionistas. A extensão do prazo de pagamento das operações também foi incluído. Isso poderá elevar para R$ 25 bilhões as operações de crédito com desconto em folha do INSS.

O novo coronavírus tem forçado a equipe econômica do governo a trabalhar em medidas que vão focar nos problemas causados, ou que ainda podem ser causados pela pandemia. O que tem sido preocupação maior é a população mais carente e vulnerável. Mas, estas medidas precisam de aprovação do conselho.

Novo teto dos juros

Com a nova decisão, o teto de juros do empréstimo consignado do INSS passou para 1,80% ao mês, ainda ficando acima da taxa média aplicada pelo mercado que é de 1,76% ao mês.

PIS

Cartões de Crédito consignado

Nas operações com cartão de crédito, o limite caiu para 2,70% ao mês. Sendo que antes o governo queria que esse valor fosse de 2,60% ao mês. Houve a aprovação da ampliação  do prazo máximo de pagamento dos empréstimos que agora é de 84 meses.

Rogério Nagamine, subsecretário do Regime Geral da Previdência Social, diz acreditar que existe espaço para a queda no limite de juros, conservando o spread bancário que estava em vigência em meados do ano de 2017.

” De acordo com a apresentação, com o novo teto de 1,80% para as operações de crédito consignado para aposentados e pensionistas, o spread da operação ficará próximo ao que estava valendo em 2017″, informou Gustavo Santos, técnico do Departamento de Monitoramento do Sistema financeiro do Banco Central (BC), se referindo ao crédito consignado.

A Febraban e a associação dos bancos (ABBC) são a favor de uma redução menos significativa do teto de juros para 1,98% ao mês para empréstimos e de 2,9% ao mês do cartão consignado. Os bancos conseguiram uma negociação de uma taxa de juros maior nesse último produto.

O governo quer encaminhar para o Congresso Nacional, uma proposta de ampliação da margem de comprometimento do benefício com o empréstimo. Atualmente a margem consignável é de 35% sendo 30% para empréstimos e 5% para cartão.