INSS: O valor da Aposentadoria ficou baixo? Tem como aumentar?

0

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) é o responsável em conceder aposentadorias e pensões, entre outros benefícios.

Finalmente chegou o dia de você ser contemplado pelo INSS, e ter sua sonhada aposentadoria!

Mil planos você fez para quando chegasse esse dia, ir à praia, conhecer outro país, etc. ter um pouco de tranquilidade, após ter trabalhado muito, chegou a hora de gozar do benefício de ser aposentado.

Mas, de repente um susto, o valor da sua aposentadoria ficou com um valor menor do estava esperando, apesar de uma simulação ter sido realizada ou até mesmo calculado para saber quanto iria receber.

Saiba que isso ocorre com frequência e muitos segurados pensam que vão receber um valor alto e acabam se decepcionando.

No entanto, você não é obrigado a aceitar o valor da sua aposentadoria.

Você fez o requerimento deste benefício para o INSS, anexou todos os comprovantes do seu tempo de trabalho e teve a aposentadoria concedida.

Só que quando chega a Carta de Concessão do Benefício, você nota que o valor esta menor.

Em muitos casos o aposentado não percebe o valor baixo e começa a receber o benefício de acordo como está na Carta de Concessão.
Quando você começa a receber a aposentadoria, não poderá mais mudar a data da aposentadoria.

É seu direito pedir uma revisão do benefício, porém, como não pode modificar a data do início da aposentadoria há oportunidades de você perder um bom dinheiro.
Ao realizar o primeiro saque de sua aposentadoria, a sua data de recebimento fica fixa e não pode mais ser alterada.

Mesmo que você continue trabalhando e recebendo aposentadoria, isso não vai alterar o valor que você já está recebendo do INSS.

O que posso fazer para resolver o valor da aposentadoria?

Será possível recusar essa aposentadoria concedida e esperar um tempo a mais para se aposentar com um valor do benefício maior. Se a pessoa aceitasse a primeira aposentadoria, isso não seria possível.

Você aceitar seu benefício sem saber que você não pode mais mudar a data da aposentadoria pode ser muito prejudicial.

Então ao receber a sua carta de Concessão você terá que:

Verificar se o benefício foi concedido integralmente (se não foi parcialmente concedido);
verificar se não há erro de cálculo no valor do benefício;
cogitar atrasar a aposentadoria.
Lembrando que para você não aceitar a sua aposentadoria, não poderá ter sacado:
nenhuma parcela da aposentadoria;
o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS);
nenhuma cota do Programa de Integração Social (PIS).
Como desistir da aposentadoria
Você deverá realizar o processo através do Meu INSS. Segundo o site da Previdência, após ter feito login no sistema, você deve:
escolher a opção “Agendamentos/Requerimentos”;
clicar em “Novo requerimento”. Digite no campo “pesquisar” a palavra “desistência” e selecione o serviço desejado.

Documentos necessários para serem anexados:

declaração da Caixa Econômica Federal / Banco do Brasil, informando se houve o saque do FGTS ou PIS/PASEP em seu nome;
declaração de não recebimento de créditos de benefícios.
Declaração da empresa informando o não recebimento do crédito, no caso de empresa acordante.

Como entrar com Recurso Administrativo para Aposentadoria?

Você olha o seu requerimento administrativo e percebe que seu pedido foi parcialmente concedido.

Quer dizer que o INSS descartou alguns períodos de trabalho que você pensava que tinha direito, inclusive os valores de salários de contribuição, não foram aceitos.
Os períodos que não foram aceitos pelo INSS, podem baixar o valor da sua aposentadoria, ainda mais, se os valores de salários de contribuição não aceitos sejam altos.

O melhor a fazer é entrar com um recurso administrativo, para reclamar da decisão parcial do benefício.

Neste recurso, o que será analisado serão somente os pontos da decisão que foram desfavoráveis a você. O CRPS (Conselho de Recursos da Previdência Social) será o responsável em analisar.

Através do recurso, vai ser possível apresentar novos argumentos e novas provas (seria uma documentação adicional) que vai comprovar o direito que você tem a um determinado período de trabalho não considerado ou salários de contribuição diferentes referentes ao mesmo período.

O CRPS constatar que o INSS errou, sua aposentadoria será totalmente concedida.
Para fazer a revisão, você deve preencher o formulário de recurso e depois anexar ao seu pedido no site do Meu INSS.

Você só terá 30 dias, contados a partir da data em que você esteve ciente da decisão do seu requerimento administrativo para interpor o recurso.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil