Ícone do site Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal

INSS: perícia médica por teleavaliação será testada por 90 dias

Imagem por @gpointstudio / freepik

Imagem por @gpointstudio / freepik

Já pensou aposentados e pensionistas do INSS realizando perícias médicas através do aparelho celular ou tablet, sem precisar sair de casa e sem colocar suas vidas em risco? Pois em dez cidades do Brasil isso poderá ser feito em caráter experimental.  Acontece que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) publicou no Diário Oficial da União essa semana a Portaria nº 1.404 que regulamenta uma experiência-piloto de perícia médica com uso de teleavaliação (PMUT).

Primeiramente, o teste será realizado junto das prefeituras que possuem Acordo de Cooperação Técnica – ACT com o INSS. A experiência não tem data para ter início mas, de acordo com a portaria, terá duração de 90 dias.

A experiência-piloto de realização de Perícia Médica com Uso da Teleavaliação (PMUT) ocorrerá no âmbito das entidades parceiras do INSS, junto das Prefeituras Municipais que possuem Acordo de Cooperação Técnica com o Órgão. 

A PMUT será realizada nas seguintes prefeituras neste  período de experiência: Francisco Morato (SP); Minas Novas (MG); Vassouras (RJ); Santo Augusto (RS); Olhos D’Água das Flores (AL); Corrente (PI); Pedro Gomes (MS); Ji Paraná (RO); Lábrea (AM) e Botas de Macaúbas (BA).

Além disso, a portaria ainda define que cabe ao INSS disponibilizar, por meio eletrônico, a minuta de ACT e o respectivo Plano de Trabalho. Passado o período de experiência, o órgão irá avaliar e, possivelmente, expandir para mais cidades do país.

Para que serve e quem precisa fazer a perícia médica?

A perícia é realizada para comprovar a existência de doença ou algo que incapacite o trabalhador, seja total ou parcialmente, para exercer a profissão.

Ela é necessária, por exemplo, em casos de pedido de:

O procedimento é obrigatório aos segurados do INSS que desejam ter acesso a benefícios por incapacidade. Dessa forma, quem realiza é um médico habilitado do próprio Instituto.

O objetivo da perícia é comprovar a existência de doença incapacitante, limitação funcional ou deficiência. Na data e horário agendados, o segurado deve comparecer na agência do INSS designada, com a documentação médica atualizada.

Um médico perito ou do trabalho é o responsável por avaliar tanto os documentos, quanto o estado de saúde do segurado. 

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.