INSS: Senado avalia abono extra de R$ 2.000 para segurados

0

Existe a possibilidade dos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberem um abono extra no valor de R$ 2.000 ainda em 2020.

O benefício é destinado a aposentados, pensionistas e cadastrados no Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Na verdade, tarata-se de uma sugestão legislativa (SUG) nº 15/2020, de autoria de Jefferson Brandão Leone – BA, que prevê o pagamento adicional durante o estado de calamidade pública. Ou seja, até o dia 31 de dezembro.

A proposta já está na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal. O texto foi recepcionado pelo senador Paulo Paim para análise e apreciação.

Quem tem direito ao abono?

Caso seja aprovado, o benefício de R$ 2.000 será destinado a aposentados, pensionistas e inscritos no BPC.

Entretanto, o benefício extra só poderá ser recebido para quem recebe até três salário mínimos. A intenção é ajudar esse grupo de pessoas consideradas como vulnerável.
A proposta que sugere o pagamento extra, foi registrada no dia 19 de junho e já colheu mais de 26 de mil assinaturas online a favor da sua implementação.

Os interessados poderão acompanhar os desdobramentos da iniciativa no site do Senado Federal.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil