INSS: Sou autônomo, como posso efetuar minhas contribuições?

0

Muitas pessoas que exercem suas atividades laborais como autônomas, têm uma vantagem maior, tendo mais flexibilidade de horários, entre outros benefícios, porém, não trabalha de carteira assinada, isto quer dizer que este profissional não pode fazer jus aos benefícios previdenciários? É possível fazer recolhimentos para o INSS, mesmo trabalhando por conta própria? No conteúdo de hoje vamos esclarecer esta dúvida.

Continue conosco e entenda.

Contribuições para o INSS

O INSS “Instituto Nacional do Seguro Social”, tem o objetivo de amparar os cidadãos brasileiros que fazem suas contribuições em dia, podendo fazer jus à aposentadoria, auxílio-doença, salário-maternidade, pensão por morte, entre outros tipos de benefícios. 

Essas contribuições trata-se de um seguro público, que em certas situações irá substituir a renda do trabalhador em momentos de incapacidade temporária ou permanente. 

Todo cidadão que exerce suas atividades laborais com carteira assinada pelo regime CLT, é automaticamente filiado ao INSS, já os autônomos têm a opção de fazer suas contribuições como contribuintes individuais para fazer jus aos benefícios oferecidos.

Como é feito os recolhimentos para o INSS? 

O mesmo é feito através do Guia da Previdência Social/ GPS, trata-se de um carnê do INSS, podendo ser preenchido pela internet ou de forma manual. 

Se a opção for preencher de forma manual, é necessário levar a guia até uma instituição bancária ou em casa lotérica e efetuar o pagamento.

O prazo para realizar este pagamento é até o dia 15 do mês seguinte. 

Como efetuar o pagamento para a previdência como autônomo? 

1° Passo:  Primeiramente faça a inscrição no Programa de Integração Social /PIS;

2° Passo: Como já abordamos acima, o trabalhador que exerce suas atividades laborais como autônomo é inscrito como “Contribuinte Individual”;

3° Passo:  É preciso ter um registro no PIS ou programa de integração social, se você não possuir este número, basta se inscrever pela internet e escolher o tipo de contribuição;

4° Passo : Feito isso, faça o pagamento da Guia da Previdência Social. 

É primordial que você autônomo efetue suas contribuições em dia, isto te dará uma segurança para o futuro, se possível faça um planejamento previdenciário para evitar problemas. 

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Laís Oliveira