INSS: Teto dos benefícios podem chegar a R$ 6.351,20 em 2021

0

A estimativa para o Índice de preços no consumidor, passou de 2,35% para 4,10%, esses dados foram revisados pelo Ministério da Economia, uma vez confirmado o novo indicador os segurados podem receber mais.

Na matéria de hoje vamos explicar sobre o aumento do Teto da Aposentadoria, continue conosco e esteja por dentro deste assunto.

Primeiramente vamos entender o que é Teto do INSS. Veja a seguir.

O que é Teto do INSS? 

O teto do INSS é o valor máximo que um beneficiário pode receber como benefício, este também é conhecido como teto da aposentadoria. 

O objetivo do Teto é estabelecido para que os gastos com a Previdência Pública, tenha limite e respeitem a capacidade do sistema previdenciário e não fique deficitário por conta das arrecadações e pagamentos.

Piso Salarial

Em 2021 os trabalhadores que ganham um salário mínimo R$ 1.045 e os aposentados que recebem benefícios do INSS, terão aumento no salário mínimo. 

A boa notícia é que os pisos salariais podem sofrer um reajuste maior do que o previsto inicialmente no Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias, a estimativa de acordo com o INPC é que o teto do benefício chegue a R$ 6.351,20.

Ministério da Economia

O Ministério da Economia revisou esta estimativa de 2020 passou de 2,35% para 4,10%, este indicador tem objetivo de reajustar o valor do salário mínimo e dos benefícios pagos pela previdência social. 

Projeção inicial 

Se esta estimativa for confirmada, logo o piso salarial passará de R$ 1.045 para R$ 1.087,85 em 2021.

O projeto inicial que serve de base para o governo, foi enviado em abril deste ano, 2020, a projeção inicial era de no mínimo R$ 1.079. 

O Índice de preços no consumidor também influencia o reajuste de outros benefícios do INSS, independente se for previdenciários ou assistenciais.

Entre eles estão: 

  •  LOAS/ BPC (Benefício de Prestação Continuada)

LOAS é a sigla de Lei Orgânica de Assistência Social, este benefício é pago pelo governo federal, com o intuito de ajudar pessoas que não possuem condições de garantir o seu próprio sustento. 

  • Auxílio-doença

O auxílio-doença é para os segurados que ficar incapacitado para suas atividades laborais por mais de 15 dias e é necessário cumprir alguns requisitos.

  • Auxílio-acidente

O auxílio-acidente é um benefício previdenciário de caráter    indenizatório, este benefício é para o segurado acidentado que por decorrência do acidente resultam em sequelas que diminuem a capacidade laboral.

  • Aposentadoria por invalidez.

Esta aposentadoria é um benefício que é concedido ao segurado que se encontra incapacitado total e permanente de suas atividades laborais.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Laís Oliveira