IR 2021: Quem deve restituir e quem deve pagar a diferença devida

0
Designed by @wirestock/ @rafapress / freepik / editado por: jornal contábil

A Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física, a qual teve o seu prazo agora em 2021 prorrogado para 31 de maio, serve como uma declaração de ajuste. 

O contador André Charone, explica que, o contribuinte informa à Receita Federal todos os seus proventos e rendas de qualquer natureza, junto com os seus dependentes e gastos dedutíveis (com saúde, educação ou previdência, por exemplo) do ano anterior e o programa irá apurar qual seria o valor efetivamente devido de imposto de renda. 
 
Dessa forma, quem recolheu mais do que devia, recebe uma restituição e quem recolheu menos do que devia, paga a diferença. 

  •  Se o Imposto devido é maior que o Imposto recolhido no exercício, a pessoa terá um saldo a pagar. 
  •  Se o Imposto devido é menor que o Imposto recolhido no exercício, a pessoa terá direito a Restituição.  

Hoje, a entrega da declaração do Imposto de Renda já faz parte da rotina anual dos contribuintes como uma das principais obrigações assessórias exigidas às pessoas físicas.

O advento da informática fez com que esse processo se torne cada vez mais simples. 
 
Pessoas que recebem de uma única fonte pagadora geralmente têm imposto a restituir ao término da sua declaração, mesmo porque, ainda que o contribuinte não tenha nenhuma despesa para deduzir, no mínimo ele pode optar pela declaração simplificada e conseguir uma dedução automática de até 20% da sua base de cálculo. 
 
Entretanto, as pessoas que possuem mais de uma fonte pagadora geralmente têm imposto a pagar ao final da declaração.

Isso acontece porque há uma somatória dos rendimentos, o que aumenta a base de cálculo do imposto devido. 
 
Obviamente, isso não é uma regra, então é importante consultar um contador de sua confiança para declarar corretamente. 

Designed by @pressfoto / freepik

Sobre André Charone: 

André Charone é contador e empresário, com formação internacional em Empreendedorismo em Economias Emergentes pela universidade de Harvard (EUA)

Iniciou cedo na carreira da contabilidade, filho de contador, o jovem sempre se espelhou na família e por este motivo já sabia o caminho que iria trilhar.     

Em 2010 com 21 anos apresentou na Espanha um trabalho em um congresso de contabilidade, no mesmo ano passou a atuar como professor universitário.     

 De lá para cá passaram mais de 10 anos, e hoje com toda essa bagagem o jovem, busca através das redes sociais divulgar e ensinar de forma gratuita os princípios da contabilidade.      

Graduado em Ciências Contábeis, com MBA em Gestão Financeira. André, possui dezenas de artigos e seis livros publicados, também é palestrante e apresentador, possui um programa de TV chamado “Conexão Contábil”, no canal TVM em Belém.   

Dica Extra do Jornal Contábil : Aprenda a fazer Declaração de Imposto de Renda. Aprenda tudo de IR em apenas um final de semana

Conheça nosso treinamento rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber sobre IR. No curso você encontra:

Conteúdo detalhado, organizado e sem complexidade, videoaulas simples e didáticas,passo a passo de cada procedimento na prática. 

Tudo a sua disposição, quando e onde precisar.

Não perca tempo, clique aqui e aprenda a fazer a declaração do Imposto de Renda.