IRPF 2022: Saiba como não cair na malha fina

O envio do Imposto de Renda deste ano já começou, saiba como evitar cair na malha fina do IRPF de 2022. Se informe!

O envio do IRPF de 2022 já começou e milhões de contribuintes já estão se organizando para enviar essa declaração, entretanto, os contribuintes devem se atentar a todos os detalhes para não cair na malha fina.

A temida malha fina da Receita Federal acontece quando o Leão identifica alguma incompatibilidade nas informações prestadas pelo contribuinte com as informações obtidas nos cruzamentos de dados.

Para evitar esse problema, acompanhe este artigo até o final e saiba como não cair na malha fina da Receita Federal no Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2022.

Malha fina IRPF 2022

Conhecida como malha fina, o nome correto é malha fiscal, esse é o processo onde a Receita Federal reúne todas as informações declaradas no IRPF, as informações são conseguidas com as fontes pagadoras, empresas e pessoas físicas envolvidas na operação. 

Portanto, é preciso realizar uma revisão antes de enviar o seu IRPF 2022, já que muitos contribuintes caem na malha fina devido a informações digitadas incorretamente

Confira abaixo os principais erros que levam o contribuinte a cair na Malha fina:

  • Informações diferentes das declaradas pela fonte pagadora;
  • Esconder algum rendimento ou fonte pagadora;
  • Erros ou falta de informações de cadastro;
  • Incompatibilidade nas despesas médicas apresentadas;
  • Digitar informações incorretamente;
  • Inclusão errônea de dependentes ou omissão dos rendimentos dos dependentes.

Cruzamento de dados

Com as declarações das pessoas físicas e jurídicas em mãos, a Receita Federal realiza o cruzamento de dados para verificar a veracidade das informações prestadas.

Com as informações na base de dados da Receita Federal, ela realiza o cruzamento das informações declaradas no IRPF 2022 em menos de 24 horas.

Confira abaixo as declarações que são utilizadas para o cruzamento de informações:

  • DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte);
  • DMED (Declaração de Serviços Médicos e de Saúde);
  • DOI (Declaração sobre Operações Imobiliárias);
  • e-FINANCEIRA (Módulo do SPED enviado por bancos para declarar as informações bancárias da população para a Receita Federal). 

Cruzamento de declarações

Confira abaixo os principais cruzamentos realizados pela Receita Federal:

  • e-Financeira x Investimentos e saldos declarados no Imposto de Renda;
  • DIRF X Rendimentos tributáveis e retidos exclusivamente na fonte, declarados no Imposto de Renda.
  • DMED: Declaração de Serviços Médicos x Despesas médicas declaradas

Com cruzamentos como estes que mostramos acima, a Receita Federal consegue identificar erros na sua declaração do Imposto de Renda, portanto, tenha atenção ao declarar o seu IRPF 2022.

Separe toda a documentação necessária e se organize, o envio do IRPF 2022 começou no dia 7 de março e vai até o dia 29 de abril deste ano.

Dica Extra do Jornal Contábil : Aprenda a fazer Declaração de Imposto de Renda. Aprenda tudo de IR em apenas um final de semana

Conheça nosso treinamento rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber sobre IR. No curso você encontra:

Conteúdo detalhado, organizado e sem complexidade, vídeo aulas simples e didáticas, passo a passo de cada procedimento na prática. 

Tudo à sua disposição, quando e onde precisar. Não perca tempo, clique aqui e aprenda a fazer a declaração do Imposto de Renda.

Comentários estão fechados.