Licença-prêmio é paga a mais de 2,5 mil servidores no DF

Os servidores têm direito à licença-prêmio após cinco anos seguidos de exercício.

2.585 servidores da Secretaria de Saúde (SES), entre aposentados e pensionistas, receberam pagamento de licença-prêmio convertida em pecúnia nesta quarta-feira (01 de junho).

Na última terça-feira (31), a pasta depositou o valor total de R$ 10.128.670,24, referente a esse benefício.

Os servidores têm direito à licença-prêmio após cinco anos seguidos de exercício.

Trata-se de gratificação pela assiduidade, permitindo afastamento de três meses com remuneração mantida.

Até 2019, se o servidor optasse por continuar trabalhando, receberia o valor da licença em pecúnia. Atualmente, a pecúnia só acontece mediante aposentadoria compulsória.

Evillásio Ramos, subsecretário de Gestão de Pessoas, destacou a importância de honrar compromissos com os servidores. 

“A Secretaria de Saúde reconhece e agradece os trabalhos prestados pelos servidores à população. Por isso, não medimos esforços para manter os pagamentos em dia”.

O cálculo para a conversão em pecúnia (dinheiro) da licença-prêmio é baseado na última na remuneração percebida pelo servidor, devidamente excluídas as verbas de natureza transitória.

Comentários estão fechados.