Os brasileiros já estão sabendo que algumas coisas mudaram com a reforma da previdência aprovada no mês de novembro de 2019. Porém há outros potos que não sofreram alteração após a reforma, sendo que parte dos benefícios do continuam com as mesmas regras de antes. Saiba aqui quais são eles.

Benefícios do que não foram modificados com a reforma

  • Auxílio doença

Têm direito a esse benefício aqueles segurados que cumprirem algumas regras, como a de carência, qualidade do segurado e incapacidade de trabalho.

A prira é a de carência, período que o beneficiário precisa pagar o para poder receber o auxílio. Neste caso devem ser pagos 12 contribuições mensais.

Apenas em casos de acidente de trabalho não é necessário cumprir esse tempo de carência. 

A qualidade de segurado são aqueles que realizaram as contribuições e podem receber o dinheiro. E por fim, a incapacidade é a realização de perícia médica para comprovar que o não tem condições de voltar para a sua atividade.

  • Salário Maternidade

O benefício é pago para aqueles que se afastam de suas funções por motivo do nascimento de seu filho, aborto não criminoso, adoção ou guarda judicial para fins de adoção de crianças de até 8 anos. 

O salário pode ser recebido por pessoas do sexo feminino e do masculino também. 

Apesar das mudanças de idade e da extinção da aposentadoria por tempo de contribuição. A não mudou, ela continua sendo paga para os homens com 60 anos e mulheres com 55 anos, que tenham trabalhado no mínimo 180 meses em atividade rural. A regra é válida para os garimpeiros e pescadores artesanais.

  • BPC/LOAS

O benefício de prestação continuada (BPC), continua sendo pago aos idosos com 65 anos e que tenham renda per capita até ¼ do salário mínimo. O benefício se estende aos portadores de deficiência em qualquer idade.

  • Pessoa com deficiência

As pessoas que têm deficiência a longo prazo não tiveram as regras para a solicitação dos benefícios do alterados. O solicitante precisa realizar a comprovação de tempo de contribuição de acordo com o seu grau de deficiência, que varia de leve a grave. 

A idade para a aposentadoria de pessoas portadoras de deficiência é de 55 anos para as mulheres e de 60 anos para os homens.

Dica extra: Compreenda e realize os procedimentos do para usufruir dos benefícios da previdência social.

Já pensou você saber tudo sobre o desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana?

Uma alternativa rápida e eficaz é o curso  na prática: Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do , procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o



Conteúdo original FDR.