Lucro do FGTS já tem data pra ser pago, veja quem vai receber

Milhares de trabalhadores poderão receber o lucro do FGTS este ano

O ano de 2022 foi muito importante para os trabalhadores quando o assunto é o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Afinal de contas tivemos a liberação do saque-extraordinário para todos os trabalhadores com saldo nas contas vinculadas ao fundo.

No entanto, outra novidade relacionada ao FGTS e que ocorrerá já nas próximas semanas diz respeito a liberação do lucro do FGTS aos trabalhadores.

O que é o lucro do FGTS

Para entender o que é o lucro do FGTS precisamos explicar que todos os anos, mais especificamente no dia 31 de dezembro de cada ano, o governo aplica uma correção monetária sobre o saldo do Fundo de Garantia.

Essa correção monetária visa compensar o saldo do FGTS que não foi usado pelos trabalhadores e sim pelo governo.

Isso porque, para quem não sabe, enquanto o trabalhador não resgata o seu saldo do Fundo de Garantia, o governo pode utilizar o mesmo para financiar obras para habitação, infraestrutura e saneamento básico.

Logo, todo e qualquer trabalhador que possuía saldo nas contas do FGTS no dia 31 de dezembro receberá o lucro devido à correção monetária.

Assim, mesmo os trabalhadores que sacaram parcial ou integralmente todo o saldo do Fundo de Garantia este ano também terão direito aos repasses do lucro do FGTS devido a correção que diz respeito ao saldo no último dia do ano passado.

No caso do pagamento do lucro do FGTS, a lei determina que os repasses para todos os trabalhadores deve acontecer no máximo até o dia 31 de agosto.

Quanto receberei com o lucro do FGTS?

A definição dos valores a serem repassados para o trabalhador ocorre em reuniões entre os representantes do Conselho Curador do FGTS.

O Conselho Curador do FGTS conta com representantes do governo, das empresas e dos trabalhadores e é o conselho responsável por regulamentar as regras de repasse do lucro do FGTS.

Em última sessão extraordinária a contabilidade do CCFGTS ainda estava levantando os valores finais conforme aplicação do lucro do FGTS.

Dessa forma, a definição de quanto será liberado e qual porcentagem será distribuída aos trabalhadores deve ser definida em breve, tendo em vista que o CCFGTS tem até agosto para definir os valores e consequentemente liberar o pagamento aos trabalhadores.

Comentários estão fechados.