Margem do consignado sobe para 40% consulte sua margem e simulações

0

Com a aprovação da Medida Provisória 1006/20 os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vão poder contar novamente, assim como aconteceu em 2020, com uma capacidade maior para solicitar empréstimo consignado. A medida aguarda apenas a sanção do presidente Jair Bolsonaro para começar a valer.

A medida realmente deve mexer no bolso dos segurados do INSS, de acordo com Wagner Souza, consultor do Instituto de Estudos Previdenciários (Ieprev) foram realizados cálculos relativos a como ficam os valores das parcelas, o pagamento de juros e ainda o endividamento dos beneficiários das mais diferentes faixas de renda.

De acordo com as simulações realizadas pelo Ieprev, apesar do teto da taxa de juros mensal corresponder a 1,80%, o qual está abaixo das aplicadas em outras modalidades de crédito pessoal. A dívida do segurado que contratar o empréstimo pelo prazo máximo de 84 meses será de quase o dobro do valor do crédito solicitado.

Novidades do crédito consignado

A primeira novidade diz respeito ao novo aumento, atualmente o segurado do INSS pode comprometer até 35% de sua renda com o crédito consignado, onde 30% é destinado para empréstimos e os outros 5% com cartão de crédito.

Com a nova margem, os segurados passam a poder comprometer até 40% de seu benefício com o crédito consignado, sendo 35% para empréstimos e 5% para o cartão de crédito.

A medida também viabiliza que os bancos e demais instituições financeiras possam conceder até 120 dias de carência para contratos novos e antigos, mantendo a aplicação dos juros durante o período ao qual o segurado não está pagando as parcelas.

FGTS

Simulação com a nova margem

As simulações servem para mostrar até quanto um segurado do INSS poderá pegar emprestado conforme a sua renda mensal, o valor das parcelas, bem como o total da dívida e o quanto será pago de juros durante todo o parcelamento.

As simulações a seguir são referentes ao empréstimo pessoal consignado, onde a margem para solicitar crédito será aumentada de 30% para 35% e com o pagamento em 84 parcelas e com teto de juros de 1,80% ao mes.

Todos os cálculos abaixo são para o empréstimo pessoal consignado, cuja margem subirá de 30% para 35% do benefício, para pagamento em 84 parcelas e com o teto de juros de 1,80% ao mês*

BENEFÍCIO: R$ 1.100

A margem consignável sobe de R$ 330 para R$ 385.Confira:

Valor do empréstimoPrestaçãoTotal da dívidaJuros
R$ 1.000,00R$ 23,18R$ 1.947,12R$ 947,12
R$ 5.000,00R$ 115,90R$ 9.735,60R$ 4.735,60
R$ 10.000,00R$ 231,80R$ 19.471,20R$ 9.471,20
R$ 15.000,00R$ 347,69R$ 29.205,96R$ 14.205,96
R$ 16.609,46R$ 385,00R$ 32.340,00R$ 15.730,54

BENEFÍCIO: R$ 2.000

A margem consignável sobe de R$ 600 para R$ 700.Confira:

Valor do empréstimoPrestaçãoTotal da dívidaJuros
R$ 1.000,00R$ 23,18R$ 1.947,12R$ 947,12
R$ 5.000,00R$ 115,90R$ 9.735,60R$ 4.735,60
R$ 10.000,00R$ 231,80R$ 19.471,20R$ 9.471,20
R$ 15.000,00R$ 347,69R$ 29.205,96R$ 14.205,96
R$ 20.000,00R$ 463,59R$ 38.941,56R$ 18.941,56
R$ 30.199,02R$ 700,00R$ 58.800,00R$ 28.600,98

BENEFÍCIO: R$ 3.000

A margem consignável sobe de R$ 900 para R$ 1.050 .Confira:

Valor do empréstimoPrestaçãoTotal da dívidaJuros
R$ 1.000,00R$ 23,18R$ 1.947,12R$ 947,12
R$ 5.000,00R$ 115,90R$ 9.735,60R$ 4.735,60
R$ 10.000,00R$ 231,80R$ 19.471,20R$ 9.471,20
R$ 15.000,00R$ 347,69R$ 29.205,96R$ 14.205,96
R$ 20.000,00R$ 463,59R$ 38.941,56R$ 18.941,56
R$ 45.298,53R$ 1.050,00R$ 88.200,00R$ 42.901,47

BENEFÍCIO: R$ 4.000

A margem consignável sobe de R$ 1.200 para R$ 1.400.Confira:

Valor do empréstimoPrestaçãoTotal da dívidaJuros
R$ 1.000,00R$ 23,18R$ 1.947,12R$ 947,12
R$ 5.000,00R$ 115,90R$ 9.735,60R$ 4.735,60
R$ 10.000,00R$ 231,80R$ 19.471,20R$ 9.471,20
R$ 15.000,00R$ 347,69R$ 29.205,96R$ 14.205,96
R$ 20.000,00R$ 463,59R$ 38.941,56R$ 18.941,56
R$ 60.398,04R$ 1.400,00R$ 117.600,00R$ 57.201,96

BENEFÍCIO: R$ 5.000

A margem consignável sobe de R$ 1.500 para R$ 1.750.Confira:

Valor do empréstimoPrestaçãoTotal da dívidaJuros
R$ 1.000,00R$ 23,18R$ 1.947,12R$ 947,12
R$ 5.000,00R$ 115,90R$ 9.735,60R$ 4.735,60
R$ 10.000,00R$ 231,80R$ 19.471,20R$ 9.471,20
R$ 15.000,00R$ 347,69R$ 29.205,96R$ 14.205,96
R$ 20.000,00R$ 463,59R$ 38.941,56R$ 18.941,56
R$ 75.497,55R$ 1.750,00R$ 147.000,00R$ 71.502,45

BENEFÍCIO: R$ 6.433,57

A margem consignável sobe de R$ 1.930,07 para R$ 2.251,75.Confira:

Valor do empréstimoPrestaçãoTotal da dívidaJuros
R$ 1.000,00R$ 23,18R$ 1.947,12R$ 947,12
R$ 5.000,00R$ 115,90R$ 9.735,60R$ 4.735,60
R$ 10.000,00R$ 231,80R$ 19.471,20R$ 9.471,20
R$ 15.000,00R$ 347,69R$ 29.205,96R$ 14.205,96
R$ 20.000,00R$ 463,59R$ 38.941,56R$ 18.941,56
R$ 97.143,77R$ 2.251,75R$ 189.147,00R$ 92.003,23

*Cálculos feitos pelo Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários)

Empréstimo pessoal consignado | o que está valendo e o que muda

  • Para o empréstimo consignado, o aposentado pode comprometer até 30% do valor mensal do seu benefício, independente do número de contratos que possui
  • A proposta aprovada pelo Congresso aumenta a margem do salário que pode ser comprometida com o empréstimo para 35%
  • A taxa máxima de juros do empréstimo é de 1,80% ao mês e a dívida pode ser parcelada em 84 meses. Isso não muda
  • O segurado pode fazer até nove contratos de empréstimo pessoal, desde que o valor total das parcelas respeite a margem consignável

Cartão de crédito consignado | regras não mudam

  • Na modalidade cartão de crédito consignado, a margem da renda que pode ser comprometida é de 5%. A taxa mensal de juros é de 2,70%
  • No cartão consignado, o beneficiário tem ainda um limite de valor que equivale a 160% da sua aposentadoria ou pensão
  • Cada beneficiário pode ter apenas um contrato de cartão de crédito consignado

VEJA SUA MARGEM

  • O aposentado ou pensionista do INSS que quer fazer empréstimo deve consultar quanto do benefício já comprometeu e quanto ainda pode contratar por mês
  • A consulta à chamada margem consignável pode ser feita em no portal Meu INSS ou no aplicativo com o mesmo nome

Como consultar

  1. Acesse o Meu INSS
  2. Informe CPF e senha; se for necessário, informe email para receber um código de validação
  3. Em “Serviços em Destaque”, clique em “Extrato de Empréstimo”

Conteúdo adaptado por Jornal Contábil, com informações extraídas de São Paulo Agora e Ieprev (Instituto de Estudos Previdenciários), INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e PLV nº 2 de 2021 e São Paulo Agora