Marketing: Como tecnologias em prol da segurança podem ajudar esse setor?

0

Ultimamente, o fator segurança e seu imenso valor para as corporações têm ganhado mais espaço de atenção de suas áreas de marketing, seja pela segurança de dados, da qualidade de um produto, ou até mesmo do patrimônio de empresas que ficam nas mãos de terceirizados.

Imagine o cenário. Uma grande instituição terceiriza uma frota, coloca o seu nome nos baús de caminhões e manda encomendas ao Brasil inteiro, alcançando seu público com eficiência e um custo aceitável. Pelo menos, era o que os diretores responsáveis achavam.

Dentro desses percursos muitas coisas, que os gestores nem imaginam, podem acontecer.

A carga pode ser roubada e nunca encontrada; o produto pode ser danificado; o motorista pode ter uma conduta irresponsável e envolver o caminhão, com o logo da empresa, em um acidente; o gerenciamento das pessoas que estão atrás do volante pode ser ineficaz, causando horas de jornada e aumentando o risco de falha humana e, ainda, a manutenção do veículo pode não ser feita devidamente. 

Daniel Schnaider, CEO da multinacional Pointer by PowerFleet Brasil, cansa de ver situações como essas acontecendo pelas vias brasileiras, e, como especialista em tecnologias para gestão de frotas, afirma: “quem não utiliza a IoT está há uma década, pelo menos, para trás”.

Designed by @rawpixel.com / freepik
Designed by @rawpixel.com / freepik

A Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) já está disponível e pode ser utilizada para alterar o cotidiano de um país que mata 1 pessoa a cada 15 minutos no trânsito, segundo o Observatório Nacional de Segurança Viária (Onsv).

Ainda, segundo os dados da Confederação Nacional dos Transportes (CNT), acontecem mais de 22 mil tentativas de roubos a motoristas em um ano, causando um prejuízo de 2 bilhões ao setor de transportes. 

Os acidentes e roubos são uma realidade muito dura para os motoristas de todo o Brasil. Isso tem que parar. A tecnologia está à disposição para que isso não mais aconteça, para que os riscos sejam diminuídos.

Avançar neste sentido não é um prejuízo para os frotistas, mas sim um investimento que pode reduzir custos! – Ressalta, Schnaider

Uma empresa que se preocupa com o seu nome rodando pelas estradas, avenidas e ruas precisa do recurso acessível da tecnologia. Inclusive, a segurança alavanca as jogadas de marketing e traz confiança ao cliente.

O cenário muda! E cada item que a IoT pode trazer é capaz de mudar a visão de todos em relação à empresa. Dispositivos acoplados podem dar ao gestor de frotas um panorama sobre a “saúde” do veículo, a conduta do motorista, tentativas de interceptação de sinais durante o roubo e antecipação de um acidente mediante à pane ou falha humana. Já no baú, é possível rastrear todos os acontecimentos que podem danificar um produto sendo transportado.

É a tecnologia a favor da vida, dos produtos e, por fim, das vendas. 

Por Daniel Schnaider é CEO da Pointer by Powerfleet Brasil, líder mundial em soluções de IoT para redução de custo, prevenção de acidentes e roubos em frotas. Integrou a Unidade Global de Tecnologia da IBM e a 8200 unidade de Inteligência Israelense.