A atual crise de coronavírus tem transformado todas as esferas da sociedade global. Quando pensamos no universo corporativo, as empresas estão precisando se reinventar para permanecerem com suas operações ativas.

Com o isolamento social, determinado como medida para diminuir a contaminação pelo vírus, o modelo de home office, por exemplo, pouco aplicado entre as instituições antes da COVID-19, agora é uma estratégia fundamental.

Para se ter uma ideia, de acordo com um estudo realizado pela plataforma Capterra, do Gartner, 55% das pequenas empresas brasileiras não adotavam o home office antes do coronavírus.

A pesquisa aponta ainda que, dos entrevistados, 43% das companhias compraram ou instalaram novos softwares para operar remotamente, e 25% tem planos de realizar essa estratégia.

Diante deste cenário, não basta apenas implementar soluções tecnológicas nas operações das empresas. É preciso, sobretudo, desenvolver estratégias que façam com que todo o quadro de profissionais continue exercendo suas funções, com disciplina e de forma eficiente.

No caso das equipes de marketing e vendas, por exemplo, o líder tem papel fundamental para que esses setores continuem atuando. Nesse sentido, quais são as melhores estratégias a serem adotadas? Como mobilizar todo o time em suas atividades? Confira a análise que fiz sobre o assunto!

Geração de resultados em tempos de home office

Não há dúvidas de que estabelecer um trabalho produtivo, com foco no cliente, é fundamental para qualquer setor corporativo.

Quando pensamos nas equipes de vendas e marketing, essa estratégia é ainda mais indispensável.

Digo isso porque uma vez que o contato físico com o consumidor acabou sendo alterado pelo coronavírus – visto que muitas empresas precisaram fechar suas portas –, desenvolver novas formas de comunicação e proximidade com o público é essencial.

Dessa forma, quando pensamos em campanhas de marketing, acredito que a criação de propagandas que apelem para o lado emocional do consumidor seja uma boa estratégia.

O público como um todo está fragilizado com a atual situação, então pense na oportunidade não de apenas apresentar sua empresa, mas manifestar preocupação e empatia com a causa.

É importante, ainda, mobilizar as pessoas e estar disposto a ajudar, de alguma forma, no combate ao vírus.

No caso do setor de vendas, buscar por estratégias que aproximem os consumidores da marca é essencial.

Nesse sentido, é possível pensar em atendimentos personalizados ou novos canais de comunicação com o cliente.

Além disso, enfatizando o parágrafo anterior, ter empatia e mostrar solidariedade é um fator de peso.

Mobilizando todo o time em prol do negócio

Não há dúvidas, enfrentamos uma crise talvez nunca vista na nossa sociedade. Então, é importante enxergar o momento como uma oportunidade para buscar por inovação e se reinventar.

No âmbito empresarial, ideia é aprimorar e otimizar o negócio, repensar as estratégias e o dia a dia das operações.

Assim, o líder exerce um papel essencial, uma vez que ele será o responsável por conduzir qualquer transformação.

Também é função do gestor mobilizar seu time, incentivando e apoiando todos para que, mesmo cada um em sua casa, a equipe consiga atuar de forma coordenada e de acordo com toda a estratégia organizacional.

Estar sempre por perto torna-se fundamental, oferecendo apoio e estabelecendo uma comunicação com os colaboradores.

Afinal, esse período é desafiador e exige resiliência de todos, mas é apenas uma fase, que logo vai passar.

Por Eloísa Mendes é especialista em Marketing da Lumen IT, licenciada pela Rock Content em Marketing de Conteúdo Avançado.