Medicamento para câncer tem imposto de importação zerado

Remédios e alguns dispositivos para pessoas com deficiência tiveram seus tributos de importação extintos pelo governo federal.

A disposição foi assentida pelo Gecex (Comitê Executivo de Gestão) da Camex  (Câmara de Comércio Exterior) do Ministério da Economia. Vários produtos serão isentados da tributação, o presidente Jair Bolsonaro revelou a informação via redes sociais. 

O tributo de importação também foi zerado para dezenas de aparelhos que permitem a acessibilidade na área de informática, como teclados e mouses especiais. Algumas próteses foram incluídas na medida. 

Medicamentos e equipamentos contemplados 

A medida adotada pelo governo contemplará o remédio atezolizumabe utilizado no tratamento de câncer metástico. 

O medicamento monoclonal é bastante utilizado nos casos onde o câncer já se espalhou para outros órgãos, ele agora faz parte da Lista Brasileira de Exceções a Tarifa Comum (Letec). 

A dedução tarifária fez com que o percentual de 2% fosse zerado. O mesmo ocorreu com as próteses chamadas endoesqueléticas transfemurais, que podem ser compostas em três materiais: titânio, alumínio e fibra de carbono. 

Dentre os equipamentos que terão a tributação zerada estão aqueles destinados à integração de pessoas com deficiência no âmbito digital. Mouses e teclados especiais e adaptados para possibilitar a experiência do usuário. 

As máscaras de teclado também vão dispor da alíquota zerada, os softwares de teclados digitais permitem a varredura dos dispositivos. 

Os equipamentos voltados para a tecnologia foram incluídos no Lebit (Lista de Bens de Informática e Telecomunicações). 

Nova política de tributações do governo federal 

A União vem aplicando diversas medidas tributárias, alterando o regime de impostos aplicados no Brasil. 

O governo vem zerando diversos tributos de importação, inclusive os que recaem sobre mercadorias básicas como o botijão de gás que teve alta nos preços em várias regiões do país. Presentemente, o imposto federal que pesava sobre o produto foi zerado. 

O diesel também havia passado pela redução máxima dos impostos federais. Os tributos cobrados pela importação do milho e da soja também foram zerados em decorrência da inflação que atinge a maior parte dos alimentos. 

Carros elétricos e a hidrogênio também são isentados dos impostos federais referentes a importação. 

A redução dos tributos de importação para aparelhos e equipamentos de informática valerá até dezembro deste ano, quem quiser adquirir produtos desse segmento poderá usufruir da isenção dos tributos de importação federais até o fim deste ano. 

Muitas dessas medidas foram tomadas para amenizar a inflação e estimular a movimentação do mercado e do consumo no país. 

Comentários estão fechados.