Tornar-se uma microempresa individual (MEI) é uma chance de sair da informalidade e se tornar um verdadeiro empreendedor, ajudando a gerar riqueza para a sua região e fazer a economia girar.

Para ser um MEI, você deve ter uma receita anual de até R $ 81.000, estar dentro das atividades permitidas pela Lei Complementar 128 e contratar apenas um funcionário.

Apesar do nome, é possível ampliar o negócio da MEI e, quem sabe, até que se enquadre em outra categoria, tornando-se uma micro ou pequena empresa.

Confira 5 dicas para o seu empreendimento crescer e entregar resultados cada vez mais satisfatórios.

1. Analise sua área de mercado e do cenário econômico para o crescimento dos negócios da MEI

Antes de iniciar um negócio, você precisa fazer pesquisa de mercado e analisar o momento econômico do país.

Qual é a demanda do mercado em sua região? Que tipo de empresa faria diferença na vida das pessoas? Que serviço está faltando e o que você pode oferecer.

Estude todos esses detalhes e as chances de crescimento dos negócios da MEI serão muito maiores.

[elementor-template id=”121699″]

2. Encante seus clientes

Mesmo se você não inovar na oferta de produtos ou serviços, poderá inovar na maneira como atende seu cliente.

Se você trabalha com restaurantes, que tal oferecer opções leves ou veganas? Se você trabalha com estética, uma possibilidade é se especializar em um nicho, como cortes de cabelo diferentes ou maquiagem de pele negra. Aproveite para encantar também seus colaboradores com brindes especiais.

O importante é descobrir de que maneira funciona melhor para você e maneiras de encantar o público.

3. Conquiste o público com um bom marketing.

As redes sociais são uma boa maneira de os clientes encontrarem sua marca. Para fazer isso, faça marketing de qualidade com conteúdo relevante e alinhe-se aos valores da sua empresa.

Certifique-se de manter o mesmo nível de fala no seu dia-a-dia e combine ações on-line e off-line para alcançar seu público on-line e aqueles que ainda não estão praticamente envolvidos.

4. Ofereça várias opções de pagamento

Por fim, lembre-se de oferecer várias opções de pagamento, como cartão de crédito e débito, dinheiro ou até descontos especiais para clientes fiéis.

O relacionamento das pessoas com o dinheiro está mudando, e o dinheiro de plástico (o cartão) é uma realidade para a maioria dos consumidores – sem mencionar as tecnologias de pagamento por abordagem, que já estão conquistando muitos fãs também.

Acompanhe as novidades do seu mercado, verifique as tendências de consumo e, principalmente, ouça seu cliente e colaboradores. Assim, você garante estratégias para o negócio da MEI crescer e se tornar um empreendedor de sucesso.

DICA EXTRA: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio

Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta. E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.