Uma postagem no Facebook, com mais de 50 mil compartilhamentos, está gerando dúvidas e transtornos para microempreendedores individuais (MEI’s). Ela se refere ao ‘Carnê da Cidadania do MEI’, que, ao contrário do que aponta o autor da postagem, não é nenhuma fraude e o dinheiro não vai ‘diretamente para a conta de golpista’, como ele cita. O carnê é verdadeiro, emitido pela Secretaria da Micro Empresa, e contém todos os tributos a serem pagos durante o ano. No total, cinco milhões de carnês como este foram impressos e os contribuintes dá região já estão recebendo o documento.

[useful_banner_manager banners=12 count=1]

Oferta Especial!

“O carnê é verdadeiro. É a guia de recolhimento mensal, a DAS, que o empreendedor também pode tirar pelo site”, destaca a Diretora de fomento ao Empreendedorismo e Coordenadora da Sala do Empreendedor, Tonia Mansani. Para a Previdência Social são recolhidos 5% do salário mínimo ao INSS, que, para 2015, com o reajuste no valor, será de R$ 39,40, mais R$ 1,00 de ICMS para atividades de indústria, comércio e transportes de cargas interestadual e/ou R$ 5,00 de ISS para atividades de prestação de serviços e transportes municipais.

Dessa forma, quem já pagou não deve temer nenhum golpe, assim como quem estava em dúvida quando à veracidade, pode pagar os tributos, que são necessários para manter a condição de formalizado. Pela internet, o carnê pode ser impresso pelo Portal do Simples Nacional, no site www.portaldoempreendedor.gov.br. (Com Jornal da Manhã)

 

 

Comente no Facebook

Comentários