MEI: Categoria representa 77,1% das empresas criadas em agosto

0

Foram abertas 325.447 novos empreendimentos no país durante o mês de agosto, segundo os dados da Serasa Experian.

O número foi apurado através do Indicador de Nascimento de Empresas, sendo considerado o maior de toda a série histórica, ficando atrás apenas do mês de julho que também teve bons resultados: foram criadas 325.629 empresas. 

O indicador mostra ainda que houve o aumento de 14,5% em comparação à agosto de 2019.

Esse crescimento foi motivado principalmente pelos Microempreendedores Individuais (MEIs).

A categoria representa 77,1% do total de empresas criadas durante o mês analisado.

Segundo o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, os dados são positivos e demonstra que muitos brasileiros têm optado por empreender neste segundo semestre de 2020, desta forma, a previsão é de que nos próximos meses os dados referentes à criação de empresas continuem elevados.

Para o economista, este é um “reflexo da expectativa de manutenção dos níveis de desemprego nesta retomada econômica,” ressaltou. 

Destaques

O setor de Serviços se destacou nos novos negócios abertos durante o mês de agosto, chegando à 62,8% do total de registros.

Confira como ficaram os demais setores: 

  • Comércio: 28,0% do total tendo resultado positivo pelo terceiro mês seguido;
  • Indústria: 7,7% das empresas recém abertas;

Regiões brasileiras que demonstraram aumento no número de novas empresas: 

  • Sudeste: 52,5%
  • Sul 17,0%
  • Nordeste 16,8% 
  • Centro-Oeste 8,6%
  • Norte 5,2%
Designed by Flamingo Images / shutterstock

Incentivo

Como forma de apoiar os novos empreendedores durante o período de pandemia, foi criado um desafio voltado às micro e pequenas empresas.

Os empreendedores devem se inscrever até o dia 27 de novembro para concorrer à R$25 mil. 

Serão escolhidos 20 melhores projetos de inovação, totalizando R$ 500 mil reais em prêmios.

Os empreendedores também têm a oportunidade de contar com uma mentoria por especialistas da Serasa Experian para otimizar a implementação de seus projetos. 

Como formalizar meu negócio?

Atualmente, o registro MEI é a melhor opção para quem está começando no mundo dos negócios.

Por isso, é bem simples formalizar seu empreendimento e isso pode ser feito sem sair de casa: basta acessar o Portal do Empreendedor e fazer o preenchimento de dados cadastrais do empresário e de seu negócio.

Antes, verifique as atividades permitidas para o MEI para certificar-se que seu negócio se enquadra nas ocupações autorizadas.

A formalização é gratuita. 

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Por Samara Arruda