O valor da contribuição INSS para 2020 para MEI, ficou da seguinte forma: os microempreendedores individuais (MEIs) formalizados pagarão R$ 52,25 por mês de contribuição previdenciária. O valor corresponde a 5% sobre o novo salário mínimo de R$ 1.045,00. O Brasil possui mais de 9 milhões de inscritos no MEI.

No regime MEI – Microempreendedor Individual, a contribuição previdenciária é de 5% sobre o piso nacional dando direito a aposentadoria por idade, auxílio-doença, aposentadoria por invalidez, e pensão por morte para os dependentes.

MEI

Com a guia DAS-MEI (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) é feito o recolhimento, pagando em bancos com boleto bancário, lotéricas, débito-automático, ou online. A guia só pode ser emitida no Portal do Empreendedor.

O MEI tem que cumprir uma exigência, onde o seu lucro anual não pode ultrapassar a R$ 81.000,00 e não pode ter mais de um funcionário, não pode ser sócio de nenhuma empresa e nem ser administrador ou titular de outra empresa.

Não esquecer: quem já é formalizado deve entregar sua declaração anual de faturamento (DASN-SIMEI) até o dia 31 de maio de 2020.

Dica extra: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social.

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana?

Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática: Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS