Dar o passo inicial para um novo negócio é o sonho de muitas pessoas.

E normalmente, esse objetivo pode ser alcançado quando tornando-se um MEI, também conhecido como microempreendedor individual.

Afinal, por meio desse modelo de negócios, é possível sair da informalidade de forma simplificada, ganhar diversos benefícios e se tornar um verdadeiro empreendedor, ajudando a gerar riquezas e fazendo a economia girar.

É exatamente nesse sentido que muitas pessoas adotam o programa!

No entanto, o que muitos não sabem, é que, assim como qualquer outra empresa, é necessário ter muito planejamento, cuidado e atenção ao se tornar um MEI.

Afinal, se você vende canecas para sublimação, ser um MEI não significa apenas se tornar formal perante a Receita Federal, mas sim, há outras séries de necessidades que um empreendedor desse modelo precisa fazer para ter sucesso.

E pensando nisso, nós elaboramos este post para te mostrar quais são as principais dicas que todo MEI deve saber.

Quer saber mais sobre tudo isso? Então não deixe de nos acompanhar neste post! Vamos lá?

1. Saiba tudo sobre o seu setor

Ter todas as informações sobre tudo o que envolve o seu negócio é uma das dicas mais valiosas e que irá fazer com que você consiga aumentar as suas vendas logo de início!

Por isso, é extremamente necessário realizar uma pesquisa sobre o setor em que você atua, assim como analisar qual é o momento econômico do país.

Se você fabrica produtos como porta de enrolar automática, por exemplo, quais são as influências externas que podem impactar o seu negócio? Como está a economia, o clima, a política e a competitividade no seu mercado?

Todos os conhecimentos sobre o seu mercado fará com que a empresa poderá atender pontualmente às necessidades dos seus clientes e leads!

2. Use o marketing para conquistar o seu público

Outra dica valiosa para MEI é utilizar as estratégias de marketing para conquistar o seu patamar no mercado!

Especialmente para os negócios iniciantes no mercado, as estratégias de marketing são uma das melhores alternativas para atrair e se relacionar com leads e clientes.

renuncia fiscal
Microempreendedor Individual

Por essa razão, é importante escolher ações e estratégias que façam sentido para o seu público.

Aposte em ações de marketing digital, como marketing de conteúdo, e-mail marketing, links patrocinados, dentre outros planos que tenham altos índices de retorno!

3. Invista na comunicação

Por fim, um MEI também deve se atentar totalmente ao uso de uma comunicação otimizada, que por sua vez, é um dos principais diferenciais entre as empresas modernas.

Nós sabemos como o mercado fica cada dia mais competitivo para diversos segmentos, seja comércios, empresas de construção civil, indústrias de polietileno de baixa densidade, entre outros.

Diante disso, investir em uma boa comunicação se tornou uma questão de prioridade.

A boa notícia, é que hoje em dia há uma gama de opções para melhorar a comunicação da sua empresa com leads e clientes.

Apenas no digital, é possível encontrar as redes sociais, chatbots, aplicativos de comunicação, sites próprios, dentre outros inúmeros canais de relacionamento.

Agora que você já sabe quais são essas dicas extremamente valiosas para MEI, o que acha de seguí-las e ter sucesso?

DICA EXTRA  DO JORNAL CONTÁBIL : MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Esse artigo foi escrito por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.