MEI: Conheça as principais vantagens do PIX para seu empreendimento

0

Neste mês o Banco Central lançou seu novo sistema de pagamentos instantâneos, o PIX. 

Através desta novidade, a intenção é diminuir os custos de transações financeiras, além de agilizar pagamentos e recebimentos de quantias em dinheiro. 

Por isso, a ferramenta também apresenta vários benefícios aos empreendedores e, principalmente para o MEI (Microempreendedor Individual).

Mas para saber como essa inovação pode ser vantajosa para o microempreendedor individual, é importante entender o que é o Pix. 

Para te ajudar, preparamos este artigo com as principais informações do sistema e como ele pode te ajudar na rotina do seu negócio. 

Como funciona o PIX 

Falamos acima que o Pix oferece agilidade no recebimento de recursos que vão direto para a sua conta bancária.

A nova forma de pagamento também funciona em qualquer dia da semana e em qualquer hora, podendo ser realizadas transações entre pessoas físicas de forma gratuita. 

Por sua vez, para aquelas que forem realizadas entre pessoas e estabelecimentos comerciais e entes governamentais são cobrados valores, porém, são menores do que as formas tradicionais de transferência que conhecemos: TED e DOC.

Controle Financeiro

Através do Pix, os pagamentos são feitos diretos entre pagador e recebedor e não tem intermediações.

Além de não se preocupar em ter dinheiro no bolso para dar um troco ao cliente, o sistema facilita na hora de fazer cobranças e te ajuda a ter controle do que é recebido. 

Pode ainda ser utilizado para o pagamento de fornecedores, salários de funcionários e tributos.

Mas para essas transações, é aconselhável fazer o cadastro das chaves Pix por meio do aplicativo do seu banco, a fim de garantir a agilidade ao processo.

Desta forma, você não precisará ficar digitando as informações da conta e os dados pessoais, basta informar uma chave para o pagador.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Pix é o pagamento instantâneo brasileiro. O meio de pagamento criado pelo Banco Central (BC) em que os recursos são transferidos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia. É prático, rápido e seguro. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Chaves Pix

Podem ser cadastradas cinco chaves para pessoa física e até 20 para pessoa jurídica em cada uma das instituições financeiras participantes do sistema.

As chaves podem ser as seguintes informações:

  • CNPJ, 
  • Número de celular;
  • E-mail. 
  • CPF 
  • Uma chave aleatória que é gerada pelo sistema. 

Vale ressaltar que não é obrigatório ter chaves do Pix para receber pagamentos, mas esse cadastro é recomendado para quem quer aproveitar todas as funcionalidades oferecidas pelo sistema.

Além de fazer o pagamento por meio de transferência por meio da chave Pix, também é possível utilizar o QR Code para pagamentos e cobranças nas seguintes modalidades: 

  • Dinâmico: deve ser gerado a cada transação e podem ser registradas novas informações à cada código;
  • Estático que é utilizado em várias transações. Esta opção é considerada ideal para os pequenos comércios e prestadores de serviço, pois, é possível registrar informações fixas no QR Code. 

Quais as vantagens para o MEI?

  • Economia nas transações que são feitas sem intermediações;
  • Controle e fluxo de caixa mais rápido;
  • Pagamento à distância;
  • Acompanhamento de suas vendas;
  • Agilidade no recebimento de valores recebidos.  

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Por Samara Arruda