MEI pode receber Auxílio Brasil?

Saiba se existe algo que impeça o MEI de receber o benefício

Os profissionais autônomos e pequenos empreendedores que desejam se informalizar podem se tornar MEI.

Ao se formalizar como MEI, o empreendedor passa a ter um CNPJ próprio, a possibilidade de emitir notas fiscais e de ter acesso aos benefícios da Previdência Social. 

Mas esses microempreendedores podem receber o Auxílio Brasil? Programa social do governo criado para substituir o Bolsa Família?

Isso nós vamos conferir agora!

Microempreendedores podem receber o Auxílio Brasil?

Sim! Desde que se encaixem nos requisitos necessários. Para ter direito a receber é preciso:

  • ter cadastro no Cadastro Único (base cadastrada no Bolsa Família);
  • ser selecionado pelo Ministério da Cidadania;
  • estar dentro dos critérios da situação de pobreza que são aquelas que possuem renda entre R$100,01 e R$200 ou pobreza extrema que possuem renda mensal de no máximo R$100 entre todos os integrantes.

Com o faturamento líquido do MEI, caso a renda mensal ultrapasse R$210,00 por pessoa, mas permanecer dentro do limite de R$525,00, o beneficiário é incluído na regra de emancipação. Ultrapassado esse valor, o benefício será cancelado.

A regra de emancipação permite que o beneficiário continue recebendo o Auxílio Brasil mesmo após conseguir um emprego formal, desde que a renda familiar mensal não ultrapasse R$ 252 por pessoa.

Quem recebe Auxílio Brasil pode se tornar MEI?

Claro que sim! Quem recebe o Auxílio Brasil poderá se formalizar na condição de MEI. Mas com isso a tendência é que a renda familiar aumente.

Então já avisamos que existe o risco de você perder o seu benefício, mas não deixe que isso te impeça de se formalizar.

Ao tornar MEI você passa a usufruir vários benefícios, como como aposentadoria, salário maternidade, possuir um CNPJ, emitir notas fiscais dentre outros.

Mas para se tornar MEI é preciso cumprir os seguintes requisitos:

  • Ter faturamento anual de até R$ 81 mil ou proporcional aos meses trabalhados;
  • Não ser sócio, administrador ou titular de outra empresa;
  • Ter no máximo 1 funcionário contratado;
  • Exercer uma das mais de 450 atividades permitidas que você pode conferir quais são clicando aqui

Calendário do Auxílio Brasil: Julho de 2022

Os beneficiários com o Número de Inscrição Social – NIS finais 4 e 5 recebem nesta semana. Veja as datas:

  • NIS de final 1 – 18 de julho;
  • NIS de final 2 – 19 de julho;
  • NIS de final 3 – 20 de julho;
  • NIS de final 4 – 21 de julho;
  • NIS de final 5 – 22 de julho;
  • NIS de final 6 – 25 de julho;
  • NIS de final 7 – 26 de julho;
  • NIS de final 8 – 27 de julho;
  • NIS de final 9 – 28 de julho;
  • NIS de final 0 – 29 de julho.

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio. Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar.

Já imaginou economizar de R$50 a R$300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio.

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Comentários estão fechados.