MEI: Saiba como fazer a Declaração Anual do Simples Nacional

0

Todo o microempreendedor está ciente da necessidade de fazer a Declaração Anual do Simples Nacional – Microempreendedor Individual (DASN-SIMEI).

O documento deve dispor de informações como, o faturamento e as despesas que a empresa teve no decorrer do ano anterior, denominado de ano-calendário.

Entretanto, caso tenha perdido o prazo para envio, basta seguir os seguintes passos:

Como fazer o DASN

A declaração do MEI é um processo simples e rápido, o único problema se atribui ao esquecimento da data de envio, e isso acontece mais do que se imagina.

Uma dica importante pode ser deixar um lembrei gravado no celular ou outro dispositivo, com alguns dias de antecedência, e concluir antes do último dia do prazo.

Confira o passo a passo de como fazer a DASN:

  • Fazer o relatório das despesas a cada mês;
  • Enviar as declarações pela internet para a Receita Federal;
  • Esquecer de pagar o DASN-Simei;
  • A entrega da Declaração anual do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual (DASN-Simei), deve ser enviada até o dia 31 de maio. Porém, devido à pandemia do Covid-19, esse período foi prorrogado até o dia 30 de junho de 2020;
  • Caso tenha perdido o prazo, o microempreendedor estará sujeito ao pagamento de multa, com o valor mínimo de R$ 50,00 ou 2% ao mês-calendário ou fração, sobre o total dos tributos da empresa.
DASN-SIMEI

A multa por atraso na entrega da declaração (MAED), deve ser informada no momento de envio do documento.

Poderá ser concedido um desconto de 50% nesta multa, caso o pagamento seja efetuado em até 30 dias.

Neste caso, o MEI pagará somente R$ 25,00.

Também é importante ressaltar que, mesmo quando a microempresa é fechada, é preciso entregar a DASN-Simei de extinção, equivalente ao último período de funcionamento da empresa. 

Além disso, há o risco de o CNPJ do MEI ser cancelado, deixando-o irregular perante a lei, bem como, ter o CPF cadastrado na dívida ativa, sem contar com a alternativa de reaver o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica.

No caso dos proprietários do MEI inativo, o envio da DASN-Simei deve ser referente à extinção de acordo com a data da baixa do CNPJ.

A declaração deve acontecer até o último dia do mês:

  • Junho de 2020: CNPJ MEI com baixa realizada entre os meses de janeiro e abril de 2020; 
  • Subsequente ao mês de extinção: CNPJ MEI com baixa realizada entre os meses de maio e dezembro de 2020. 

DICA EXTRA  DO JORNAL CONTÁBIL : MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Por Laura Alvarenga