MEI: Transações com Pix ficam mais baratas? Saiba quais são as vantagens

0

O Banco Central trouxe uma novidade em 2020, seu novo sistema de pagamentos instantâneos, o Pix. O novo serviço oferece agilidade no recebimento de recursos, com custos de transações financeiras reduzidos.

O sistema funciona todos os dias, inclusive aos finais de semana e feriados, e em qualquer horário.

O Pix pode ser usado por pessoas físicas e jurídicas, sendo que para pessoas físicas as transações são gratuitas. O serviços serão cobrados quando acontecer transações entre pessoas e estabelecimentos comerciais e entes governamentais. Mas, as taxas são bem menores do que as formas tradicionais de transferência do TED e DOC.

O Pix tem vários benefícios que poderão ajudar os empreendedores e, principalmente para o Microempreendedor Individual (MEI).

Uma das vantagens é a economia nas transações que são feitas sem intermediações; controle e fluxo de caixa, entre outras.

Como funciona o Pix?

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O primeiro passo para realizar transações pelo Pix, é bom realizar um cadastro de chaves por meio de aplicativo do banco (este passo não é obrigatório). Assim, não é necessário digitar informações da conta e os dados pessoais, basta informar uma chave para o pagador (o que garante agilidade ao processo).

Você poderá cadastrar até cinco chaves como pessoa física e para as pessoas jurídicas é possível até 20 chaves sendo cada uma em bancos diferentes que participem do sistema.

Informações que serão pedidas para ter as chaves:

CNPJ;
Número de celular;
E-mail;
CPF;
Chave aleatória gerada pelo sistema.

Além de fazer o pagamento por meio de transferência por meio da chave Pix, também é possível utilizar o QR Code para pagamentos e cobranças nas seguintes modalidades:

Dinâmico: deve ser gerado a cada transação e podem ser registradas novas informações a cada código;
Estático: Você deverá gerar em cada transação. Sendo essa opção considerada ideal para o pequeno comércio e prestador de serviço, já que é possível registrar informações fixas no QR Code.

Vantagens do Pix para o MEI

O Pix permite que as transações sejam feitas diretamente entre pagador e recebedor, sem intermediações. Podendo ser usado para o pagamento de fornecedores, salários de funcionários e tributos.

Uma outra novidade, é que o empreendedor não precisa se preocupar em ter dinheiro no bolso para dar um troco ao cliente, já que tudo é feito de forma digital.

Outros Benefícios:

Economia nas transações que são feitas sem intermediações;
Controle e fluxo de caixa mais rápido;
Pagamento à distância;
Acompanhamento de suas vendas;
Agilidade no recebimento de valores.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil