MEI: Tudo o que você precisa saber para abrir um escritório

0

Se você deseja abrir um escritório, então saiba que a formalização do MEI é um dos primeiros passos que devem ser feitos para que o seu negócio decolar. Afinal de contas, há uma série de vantagens e benefícios ao adotar esse regime.

Também conhecido como Microempreendedor Individual, o MEI pode ser a solução que você precisava para abrir o seu escritório.

Isso, pois ao trazer a sua empresa para a formalidade, você consegue abrir as portas para crescer no mercado, além de negociar melhores contratos com os seus fornecedores.

Além disso, o MEI é um regime simplificado e versátil. Isso significa que não só escritórios, mas diversos tipos de segmentos (como indústrias de serviço de solda, entre outros) conseguem aderí-lo, e ainda terem processos mais simples para o pagamento dos impostos mensais.

Mas afinal, o que eu preciso saber do MEI antes de abrir o meu próprio escritório e ter sucesso?

Se você se encaixa nessa situação, então fique tranquilo: preparamos este post para sanar todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Continue lendo e saiba de todos os detalhes antes de iniciar a sua formalização no regime do MEI! Vamos lá?

Informações básicas do MEI

Antes de mais nada, é importante saber que o MEI se trata de uma empresa individual. Ou seja, como o próprio nome já diz, você não terá sócios formalizados em seu escritório.

No entanto, mesmo que o programa seja individual, há a possibilidade de ter até um empregado que receba salário de somente um salário mínimo, ou piso da categoria, de acordo com o seu ramo de atuação.

Apesar disso, o MEI possui CNPJ e possui a maioria das responsabilidades empresariais. É possível fechar contrato entre organizações (como em negócios especializados em cesta de natal para empresas), buscar parcerias e elaborar estratégias para atingir o público-alvo.

O que preciso para permanecer no regime

Para que o seu escritório permaneça no regime do MEI, é importante obter um faturamento anual bruto de até R$ 81.000,00. Acima disso, é possível ser redirecionado para outros tipos de programas.

Quando devo abrir o MEI para meu escritório?

Apesar de ser uma dúvida muito comum, é possível abrir o MEI em qualquer momento do seu negócio.

Uma dica é abrir é quando começar a comprar mercadorias e for contratar serviços para a sua empresa.

Quais documentos devo ter para abrir o MEI?

Veja a seguir os documentos e informações que você precisa ter em mãos e o passo a passo do processo de inscrição do MEI:

  • Cadastro no Portal de Serviços do Governo Federal;
  • RG;
  • Título de eleitor ou Declaração de Imposto de Renda;
  • Dados de contato e endereço residencial;
  • Tipo de atividade realizada (como venda de filtro de ar);
  • Forma de atuação;
  • Local onde o negócio será instalado.

Agora que você já sabe de todos os detalhes e está preparado para abrir seu escritório, lembre-se também de sempre contar com um profissional contábil para te auxiliar em todas as questões necessárias! Gostou do nosso post?

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Por Rafaela Ricardo, Criadora de Conteúdo do Soluções Industriais.