MEI: Veja dicas de como fazer a gestão do seu empreendimento

0

A formalização do seu empreendimento traz pontos positivos para sua empresa, dentre eles está o acesso facilitado à crédito para investir em seu negócio, abertura de conta, benefícios previdenciários que são garantidos ao microempreendedor individual (MEI), emissão de notas fiscais, por exemplo. 

Porém, mesmo com a facilidade do regime, o empreendedor precisa controlar seu financeiro e fazer a gestão do seu negócio.

Por isso, separamos algumas dicas para que você que é microempreendedor individual veja como ter controle financeiro de forma simples e efetiva.

Confira: 

Fluxo de caixa: sempre anote as informações do seu fluxo de caixa, pois, é fundamental para a gestão do seu empreendimento isso dará controle direto ao produto e serviços que são oferecidos pela sua empresa.

Através deste controle financeiro você poderá: 

  • Registrar entradas e saídas diárias;
  • Analisar dívidas e fazer a melhor negociação de pagamentos;
  • Projetar seus pagamentos e recebimentos;
  • Analisar possíveis investimentos;
  • Fazer a aplicação de recursos;
  • Acompanhar seu saldo.

Separe as despesas: esse é um dos erros mais frequentes que vemos.

Então, saiba quais são os seus gastos e aqueles que se referem à sua empresa e a atividade desenvolvida.

Para isso, registre todos os impostos pagos, além das contas de energia, telefone, tarifas do banco e que também entram no fluxo de caixa separado de seus gastos pessoais. 

Planejamento: além de conhecer sua empresa é preciso traçar os objetivos e criar um plano de negócios, que irá guiar suas ações e você ficará mais seguro para cumprir as metas que foram estabelecidas. 

Capital de Giro: quando suas finanças estão em dia você consegue organizar melhor seu capital de giro para arcar com despesas diárias do seu negócio e não fica no prejuízo quando um pagamento demorar a entrar na sua conta, por exemplo.

Isso irá te ajudar a pagar contas ou fornecedores. 

Designed by Flamingo Images / shutterstock
Designed by Flamingo Images / shutterstock

Tecnologia: que tal automatizar o seu controle financeiro através de sistemas que podem te ajudar a organizar todas as informações do seu empreendimento? Isso irá te ajudar a entender como tudo funciona e evita erros que são fáceis de ocorrer quando se faz registro em planilhas e cadernos.

Essas ferramentas garantem facilidades como: 

  • Acompanhamento facilitado de suas contas bancárias;
  • Monitoramento dos cartões de crédito da empresa;
  • Gestão dos lançamentos;
  • Organização destes lançamentos conforme cada categoria; 
  • Relatórios sobre as ações da empresas;
  • Acompanhamento de todas as finanças por meio de gráficos. 

Para te ajudar a escolher uma plataforma, separamos quatro aplicativos para você testar e otimizar seu trabalho.

São elas: 

  • QuickBooks ZeroPaper: voltado à gestão financeira de micro e pequenas empresas. É totalmente online e você pode utilizá-la para fazer a sua gestão financeira pessoal ou do seu negócio. A empresa oferece um plano especial para o MEI; 
  • Meu Caixa: o app Meu Caixa possibilita o controle dos clientes, de vendas e também o histórico de ganhos e de débitos. O aplicativo é bem simples, mas pode te ajudar a controlar seu MEI de forma mais eficaz;
  • Meu Controle: por meio desse aplicativo é possível  fazer a gestão das entradas e saídas de capital do seu empreendimento, além de efetuar transferências entre contas. Assim, você pode fazer o controle das despesas com cartões de crédito, transações bancárias e registrar datas importantes;
  • SmartMei: permite ao microempreendedor individual acompanhar todo andamento do seu negócio, além de ter controle financeiro e a emissão do DAS-MEI. 

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Por Samara Arruda