Como cuidar das finanças pessoais, como ser um bom líder, o que não fazer em um novo negócio, são apenas algumas das várias dúvidas que rodeiam quem quer empreender.

Para ajudar nesse processo, nós separamos 8 livros de autores renomados e verdadeiros experts na área, que te mostrarão que é possível sim ter sucesso em um novo negócio

Se você quer acessar uma lista de livros maior, veja aqui.

É quase certo dizer que estamos vivenciando o boom do empreendedorismo.

Mas, o que isso significa? Em 2018, o Brasil já contava com 52 milhões de empreendedores, o equivalente a 38% da população daquele ano.

E a tendência é que esse número cresça continuamente, ainda mais pela pandemia do novo coronavírus e aumento do desemprego.

Podemos definir como empreendedor aquele que busca transformar crises em oportunidades, que coloca ideias na prática e que sente necessidade em abrir um novo negócio. 

É importante notar que ter um bom projeto e investir no planejamento está entre as principais exigências para ser um empreendedor bem sucedido.

Para isso, ler livros e sempre se atualizar sobre o assunto é fundamental.

Além disso, para quem quer empreender, veja mais algumas dicas: analise as preferências do consumidor, procure investir em um negócio que esteja entre as principais tendências do mercado, ofereça um produto ou serviço que se destaque entre a concorrência, busque identificar quais as chances do seu negócio crescer, converse com especialistas e esteja por dentro das novidades do seu segmento

Agora que você sabe o básico do empreendedorismo, que tal se aprofundar no assunto lendo alguns livros? Continue acompanhando o artigo porque nós separamos alguns best-sellers que serão perfeitos para te ajudar nessa caminhada.

Aproveite!

Veja aqui também dicas de empreendedorismo feminino.

A Startup Enxuta 

Com mais de 1 milhão de livros vendidos, em “A Startup Enxuta”, Eric Ries apresenta uma filosofia japonesa chamada lean manufacturing, que é, basicamente, aumentar o valor de criação e eliminar aquilo que é desperdício. 

Através deste conceito, o autor tenta mostrar que muitas empresas não sobrevivem ao primeiro contato com seu potencial cliente ao lançar sua ideia no mercado, que nem sempre as projeções correspondem à realidade e que startups não são como empresas tradicionais.

Por isso, necessitam de cuidados especiais.

Ries ainda reforça que apesar do ambiente complexo dos negócios digitais, existem maneiras de diminuir riscos e encontrar as melhores práticas para tirar uma ideia da cabeça e colocá-la no mercado.

Construir-medir-aprender, segundo o autor, é a chave para o crescimento. 

Pai Rico, Pai Pobre

Já são mais 9 milhões de exemplares vendidos.

O livro de Robert T. Kiyosaki e Sharon Lechter, “Pai Rico, Pai Pobre”, ficou conhecido por abrir os olhos de muitos sobre a necessidade do planejamento das finanças pessoais e todo mundo pelo menos já ouviu falar dessa obra.

Os autores buscam mostrar a visão de um pai rico e de um pai pobre sobre dinheiro.

No caminhar do livro, é recomendado ao leitor que este adquira ativos como negócios que não exijam sua presença, ações, títulos, imóveis que geram renda, royalties, entre outros. 

Para Kiyosaki e Lechter, nem todos têm vocação para abrir uma empresa, então para quem busca estabilidade financeira o ideal é trabalhar constantemente em ativos para desenvolver seus negócios. 

De Zero a Um

Escrito por Peter Thiel, co-fundador do PayPal, “De Zero a Um” gira em torno de duas ideias. 

  1. O primeiro conceito é o próprio título do livro. De acordo com Thiel, nosso progresso como humanidade se dá de duas formas: o progresso horizontal, ou seja, copiar e melhorar o que já existe (ir de 1 a 0) e o progresso vertical, que no caso seria criar algo novo (ir de 0 a 1);
  2. A segunda ideia seria a exponencialidade. O autor explica que as melhores empresas crescem e lucram mais que suas concorrentes pelo fato de serem realmente inovadoras, resumidamente, aplicam o progresso vertical. 

Thiel ainda disserta sobre o conceito de monopólio e do porquê esse termo ainda causa repulsa em algumas pessoas. 

E entre as principais provocações do livro, certamente vale destacar a que ele diz que “monopolistas podem se permitir pensar em coisas além do dinheiro; não-monopolistas não tem o mesmo luxo. Numa perfeita competição, empresas estão tão focadas na margem de hoje que não conseguem sequer planejar o longo-prazo

Empresas feitas para vencer

Com o objetivo de responder por que nem todas empresas são excelentes e por que alguns negócios crescem enquanto outros acabam na falência, em “Empresas feitas para vencer”, Jim Collins desenvolve um manual sobre como sair do conformismo e levar sua empresa ao crescimento.

Collins também falará sobre o papel do líder na transformação de um empreendimento e ressalta que a liderança deve ser altamente capacitada, parceira da equipe, ter habilidades tanto técnicas quanto no trato de pessoas, ter uma visão sistêmica de toda a empresa e ser mais preocupado com o empreendimento do que com seus objetivos pessoais. 

Para concluir, a obra ainda expõe a importância de antever problemas e possíveis crises, além da necessidade de listar coisas que não devem ser feitas. 

Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes

No livro “Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”, Stephen Covey fala da importância do equilíbrio entre o que você produz e a sua capacidade de produzir.

O equilíbrio está na capacidade de produzir unicamente o que você é capaz dentro do tempo normal. 

Os 7 hábitos são baseados em:

  1. Ser proativo. Utilize suas forças para realizar o que você mais deseja;
  2. Tenha um objetivo em mente. Foque nas metas mais desejadas por você;
  3. Faça o mais importante. Reconheça que não pode fazer tudo;
  4. As negociações devem ser benéficas para ambas as partes. Integridade e maturidade são essenciais; 
  5. Nas organizações, a comunicação deve exercer uma compreensão mútua;
  6. Sinergia é imprescindível. O hábito de sinergizar implica o trabalho em equipe;
  7. Você deve se aprimorar física, mental e emocionalmente. Inclua exercícios físicos, controle o stress, renove seus compromissos e valores, melhore o relacionamento com os outros. 

Ao trabalhar pelo menos estes 7 hábitos, qualquer coisa que você faça poderá impactar positivamente na sua vida.

Ao trabalhar equilibradamente, você tornará os hábitos uma parte essencial do seu dia a dia. 

O monge e o executivo

A obra “O monge e o executivo”, de James C. Hunter, procura ensinar ao leitor a essência da liderança e como se tornar uma pessoa melhor para a sociedade. 

Para Hunter, verdadeiros líderes não possuem apenas um carisma nato, mas contam com algo cativante que influencia e atrai as pessoas.

O líder deve ter a capacidade de envolver as pessoas, a fim de conquistar maior engajamento para um resultado com final positivo. 

Segundo o autor, o ideal é que a liderança seja servidora, baseada em princípios cristãos e não ser autoritária.

O líder servidor sabe focar em tarefas que precisam ser exercidas e ajuda os colaboradores a alcançarem seus objetivos. 

Trabalhe 4 horas por semana

Best seller com direito a posição n°1 no The New York Times, “Trabalhe 4 horas por semana”, do norte-americano Timothy Ferris, propõe dicas e ensinamentos para que os leitores aprendam como render mais em menos tempo de trabalho. 

Ferris aborda que é fundamental traçar seus objetivos com clareza para conseguir conquistá-los.

O autor ainda expõe que informação demais pode ser inútil e como as redes sociais tomam seu tempo de forma desnecessária. 

Pensando naqueles que constantemente apresentam um sentimento de vazio e improdutividade, o 5° capítulo da obra explica como parar de cometer hábitos exagerados, que o impedem de lucrar mais em menos tempo. 

Os Segredos da Mente Milionária

Quem tem a mente milionária pode perder todo o dinheiro e conseguir se recuperar e ganhar dinheiro rapidamente.

É assim que Harv Eker, autor de “Os Segredos da Mente Milionária”, pensa. 

Eker acredita que a falta de dinheiro é apenas reflexo de um descontrole emocional e que o dinheiro não faz ninguém mais competente para algo.

O sucesso financeiro não depende só de sorte, é preciso que você se coloque no comando da sua vida. 

O diferencial da obra é que Eker reforça que ter bons exemplos é fundamental.

Aprender com pessoas ricas e se inspirar em suas estratégias é uma forma de enriquecer mais rápido.

Contrária à mente milionária, na visão do autor, pessoas de mentalidade pobre querem apenas dinheiro suficiente para pagar as contas em dia.

“As pessoas ricas entram no jogo do dinheiro para ganhar. As pessoas de mentalidade pobre entram no jogo do dinheiro para não perder”, conclui Eker. 

Esta foi a nossa lista de top 8 livros para recomendados para empreendedores