Meta Anual: Como ajustar a rota para fechar o ano com resultado positivo

As situações podem variar muito de uma organização para a outra, mas se sua empresa está longe da meta estipulada, algumas atitudes devem ser tomadas imediatamente.

Entramos no último bimestre do ano e a essa altura do campeonato muitas empresas, e os próprios colaboradores, estão correndo para bater suas metas de 2021. Mas o “problema”, que começa a receber atenção só agora, deve ter apresentado sinais ao longo dos meses, a “boca do jacaré” já deve estar aberta há bastante tempo. Isso se sua organização já começou a se preocupar com o cumprimento da meta anual.

As situações podem variar muito de uma organização para a outra, mas se sua empresa está longe da meta estipulada, algumas atitudes devem ser tomadas imediatamente. Se este é o seu caso, a dica é elencar duas ou três prioridades que mais vão contribuir para fechar o gap entre o ponto onde está e o objetivo, o número a ser alcançado. Eventuais projetos que estão em execução e que não endereçam estas prioridades escolhidas, devem ficar um pouco de lado para a organização concentrar esforços. Chame o time, elenque as maiores dores, classifique o nível de dificuldade, proponha ações, defina os resultados esperados para estas ações, coloque em execução e acompanhe com disciplina.

Escolha o que está doendo mais ou até temas que possam ser mais fáceis de resolver e trazer maior ganho. Às vezes a recuperação de um lucro pode vir de um corte de despesas ou na ênfase a alguma ação, tipo a Black Friday, que está logo aí.

O OKR com certeza vai te ajudar nessa corrida contra o tempo. Ele é o elo entre a estratégia e os colaboradores, ele faz essa conexão, indicando aquilo que as pessoas precisam fazer no dia a dia, seja entregar a operação, seja para alguma transformação. O OKR é uma ferramenta de gestão, de execução da estratégia, que ajuda a maximizar valor no curto prazo, provocando muito engajamento dos times, seja você uma organização enorme, ou uma startup. Os benefícios de utilização dessa ferramenta são clareza e alinhamento sobre a direção, foco no que é mais importante, disciplina de acompanhamento e ambição nas metas de curto prazo, por meio de um processo de construção colaborativo.

Pedro Signorelli tem 20 anos de experiência no mercado corporativo, tornou-se especialista na implementação do método OKR.

Comentários estão fechados.