Microcrédito de R$ 4.500 para MEI foi aprovado pelo Senado

O Sim Digital também poderá usar o FGTS como garantia para concessão de empréstimos

Depois de passar pela Câmara, os empréstimos para as pessoas físicas e para o MEI acabaram de ser aprovados  pelo Senado Federal. Essa semana o Senado aprovou simbolicamente a Medida Provisória que estabelece uma linha de crédito que é destinada aos empresários do regime do Microempreendedor Individual (MEI).

Além disso, também foi aprovado que os trabalhadores passem a utilizar os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), garantindo a contratação de empréstimos. A linha de microcrédito recebeu o nome de Sim Digital.

Sim Digital e como pode ajudar o MEI

O texto da MP que foi aprovado estabelece que o Sim Digital é um programa focado para as pessoas que exercem uma atividade produtiva ou da prestação de serviços urbanos, rurais, ou de forma coletiva ou individual.

De acordo com o texto foi aumentado o valor dos empréstimos e que a partir de agora vão poder ser obtidos da seguinte forma:

  • R$ 1,5 mil para as pessoas físicas;
  • R$ 4,5 mil para os Microempreendedores Individuais;

Originalmente, a intenção do texto tinha a intenção de liberar os créditos entre R$ 1 mil a R$ 3 mil. Existe uma grande expectativa a partir da criação do Sim Digital, onde mais de 4,5 milhões de empreendedores em todo o país vão poder ser beneficiados com a medida, e ainda há a previsão de que as mulheres terão preferência na concessão de crédito, até que se atinja a proporção de, no mínimo, 50%.

FGTS como uma garantia de Microcrédito

Uma outra novidade que foi trazida pela MP, tem relação à autorização do uso de R$ 3 bilhões do FGTS para garantir as operações de microcrédito. Além disso, o texto também definiu que vai haver mudanças em relação às normas de infrações devidas e por conta da falta de recolhimento dos valores do fundo por parte das empresas.

A MP proíbe a celebração de empréstimos com pessoas ou MEIs que possuam condenação relacionada a trabalho em condições análogas às de escravo ou a trabalho infantil.

Após ser votada simbolicamente pelo Senado Federal, a MP segue para ser sancionada pelo Presidente Bolsonaro (PL).

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio. Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar.

Já imaginou economizar de R$50 a R$300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio.

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Comentários estão fechados.