Microsoft compra empresa de reconhecimento de voz, Nuance, em um negócio de US $16 bilhões

0

A Microsoft anunciou na segunda-feira que vai comprar a empresa de reconhecimento de voz, Nuance Communications, por US $56 por ação, cerca de 23% acima do preço de fechamento de sexta-feira. 

O negócio vale cerca de US $16 bilhões e cerca de US $19 bilhões incluindo dívidas.

É o sinal mais recente de que a Microsoft está buscando mais crescimento por meio de aquisições. Supostamente, a empresa também está em negociações para comprar o aplicativo de bate-papo “Discord” por cerca de US $10 bilhões.

Além disso, a Microsoft se esforçou para comprar os negócios do TikTok nos Estados Unidos no ano passado por cerca de US $30 bilhões antes que o negócio fracassasse.

A aquisição da Nuance representa a maior aquisição da Microsoft desde que comprou o LinkedIn por mais de US $26 bilhões em 2016.

No mês passado, a Microsoft concluiu a aquisição da empresa de jogos Zenimax por US $7,6 bilhões.

As ações da Nuance subiram 18% na manhã de segunda-feira. As ações da Microsoft foram levemente positivas.

A Nuance estaria alinhada com a parte de negócios da Microsoft que atende empresas e governos. A empresa obtém receita com a venda de ferramentas para reconhecer e transcrever a fala em consultas médicas, chamadas de atendimento ao cliente e correios de voz.

Designed by @yanalya / freepik
Designed by @yanalya / freepik

Em seu anúncio, a Microsoft disse que a tecnologia da Nuance será usada para aumentar os produtos na nuvem da Microsoft para saúde, lançados no ano passado.

Na segunda-feira, em uma entrevista no programa “Squawk on the Street” da CNBC, o CEO da Microsoft, Satya Nadella, destacou as ferramentas de saúde da Nuance como o principal motivador por trás da aquisição.

A Nuance relatou US $7 milhões em receita líquida sobre cerca de US $346 milhões em receita no quarto trimestre de 2020, com a receita diminuindo 4% em uma base anualizada. A empresa foi fundada em 1992 e tinha 7.100 funcionários em setembro.

A Microsoft disse que o CEO da Nuance, Mark Benjamin, permanecerá na empresa e reportará a Scott Guthrie, responsável pelos negócios de nuvem e inteligência artificial da Microsoft.

A Nuance tem uma forte reputação por sua tecnologia de reconhecimento de voz e tem sido considerada um alvo de aquisição para empresas como Apple, Microsoft e outras por vários anos.

A Microsoft já possui reconhecimento de voz embutido em muitos de seus produtos, mas recentemente fechou alguns produtos que apresentavam seu assistente de voz, Cortana.

Conteúdo traduzido da fonte CNBC por Wesley Carrijo para o Jornal Contábil