O Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão de Resíduos Sólidos (SINIR), maior rede de dados do setor no Brasil, já está disponível para consulta pública no site do Ministério do Meio Ambiente (MMA).

Lançado em Brasília, no dia 26 de junho, o SINIR reúne informações de estados e municípios e torna possível o monitoramento de contratos de saneamento, oferta de serviços de limpeza e manejo de resíduos, possibilitando, também, o acompanhamento de projetos e leis, como a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

 

O anúncio foi realizado no auditório Ipê Amarelo, no edifício sede do MMA, com a presença de Ricardo Sales, ministro do Meio Ambiente, que destacou a importância do SINIR e agradeceu o emprenho da Abetre ao propor, sem ônus, a implementação e o gerenciamento da plataforma. “Espero que a ferramenta possa alavancar os projetos que o setor necessita”, ressaltou, frisando que “o SINIR é uma ferramenta decisiva para a erradicação dos lixões“.

As autoridades presentes elogiaram a iniciativa da Abetre e da equipe da Secretaria de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente. “A palavra da vez é transparência, e o SINIR toma forma justamente para descomplicar a gestão pública, proteger o meio ambiente e levar benefícios à sociedade”, declarou Luiz Gonzaga, presidente da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (ABETRE).

“Com dados oficiais, o Brasil poderá, finalmente, destravar a implementação dos 500 aterros sanitários necessários para vencermos a guerra contra os lixões, que ainda afetam a vida de 42 milhões de habitantes, e aumentarmos a qualidade da saúde pública”, completou Gonzaga.

Também participaram da cerimônia: André Luiz Felisberto França, secretário de Qualidade Ambiental; Carlos Gomes, deputado federal (PRB-RS) e presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Cadeia Produtiva da Reciclagem; Ana Amélia Lemos, senadora (PP-RS); Valdez Rodrigues Venâncio, presidente do Instituto do Meio Ambiente (IMA), entidade sucessora da antiga Fatma (Fundação do Meio Ambiente); e Ana Lucia Santoro, secretária do Ambiente e Sustentabilidade do Rio de Janeiro, entre outras.

O sistema nacional de informações tomou forma após um acordo de cooperação técnica do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos (ABETRE), para oferecer um banco de dados confiável e atualizado com números do setor público e privado. Acesse: sinir.gov.br/

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.