Se existe hoje uma tendência que se tornará necessidade de sobrevivência no mercado em pouco tempo, essa tendência é o uso de análise de dados para elaboração de estratégias e tomadas de decisões dentro de uma empresa.

Mas por que esse passo da sua gestão está se tornando tão importante? Como colaboradores, gestores e empreendedores transformam números e indicadores em resultados? Neste artigo, queremos conversar com você sobre tudo isso! Pronto para começar?

Por que a transformação do mercado começa nos dados?

Até pouco tempo atrás, seria impensável usar informação pura para tomar decisões em um negócio. Uma empresa era capaz de registrar e armazenar valores de caixa, movimentações de processos e apenas alguns dados sobre seus clientes.

A evolução da tecnologia — principalmente cloud computing, inteligência artificial e machine learning — mudou esse jogo. Hoje, é viável criar uma estrutura de informação que colete e analise volumes de informações de maneira que seria impossível para um ser humano fazer manualmente. É o que chamamos de Big Data, o conceito que está transformando empresas no mundo todo, em todos os setores.

Além de números financeiros e de produtividade, uma empresa transformada digitalmente consegue analisar eficiência de processos, controlar a qualidade em cada etapa de produção e mensurar o impacto de medidas de otimização na satisfação do cliente.

Ou seja, tudo o que faz um negócio crescer e se consolidar pode ser medido. É por isso que começar a adotar metodologias de análise de dados o quanto antes permitirá que você e sua empresa alcancem um ponto de maturidade tecnológica antes da concorrência e isso se torne em si uma vantagem competitiva.

Ainda mais se você trabalha em uma área com veia tecnológica, esse passo é mais rápido e não alcançá-lo pode ser ainda mais prejudicial. É hora de entender que a tecnologia não serve apenas para produzir, mas também para transformar um negócio e crescer do jeito certo.

Como usar a análise de dados para impulsionar a empresa?

Se a análise de dados transforma e impulsiona empresas, você sabe que precisa começar o quanto antes. Mas isso não é feito apenas coletando informação.

O sucesso dessa estratégia está principalmente na ponte entre insights vindos dos números e as estratégias reais elaboradas a partir deles. Veja as dicas mais importantes para conseguir fazer isso!

Levantamento de necessidades e busca por novos objetivos

A primeira etapa mais importante para crescer dentro do mercado atual é entender o que falta e o que é possível fazer para alcançar e superar a concorrência. Geralmente, essas respostas estão no seus dados: como ser mais produtivo, mais eficiente, mais comunicativo, prezar mais pela qualidade.

Cada negócio tem sua forma de operar e seu perfil de público. Conhecer bem essas duas características vai mostrar com clareza o que falta hoje e o caminho para resolver essas questões.

Essa busca levará a novas metas: “pivotagem” do negócio, aposta em novos nichos, abordagens diferentes de atração e conversão etc. A análise de dados se torna, portanto, uma grande ferramenta para tomada de decisões mais acertadas.

Aperfeiçoamento de processos para a retenção de cliente

Entrando um pouco mais a fundo nesse ponto, o sucesso de uma empresa hoje não está tanto na expansão, mas na otimização — como atender melhor o seu cliente com a estrutura já existente?

A coleta de informações sobre processos, ferramentas e rotinas pode dar um bom entendimento sobre essas questões, para que sejam utilizadas como execução de estratégias.

Como eu posso contribuir produtivamente para que o cliente fique mais satisfeito? A busca por resposta para essa pergunta dentro dos dados é uma vantagem competitiva clara para quem estrutura bem sua análise.

Identificação de erros e sua transformação em oportunidades

E se falamos em otimização, precisamos falar do que move as empresas do futuro: uma visão inovadora, uma gana para transformar desafios em oportunidades.

O que diferencia uma empresa que se consolida no mercado de outras que estagnam está na busca pelo erro. São profissionais que estão constantemente tentando entender onde falharam e tiram daí uma lição para ser colocada em prática.

A análise de dados não aponta apenas deficiências, mas como elas podem ser resolvidas. Se esse processo está incluído na rotina da empresa, a iteração passa a ser uma cultura.

É como a busca constante por bugs em um software. A ideia é solucionar o máximo deles para aumentar a qualidade do código. Em uma empresa, é otimizar ao máximo a operação para atender melhor gastando menos — uma vantagem matadora no mercado.

Acompanhamento de crescimento do negócio

Falamos sobre a inclusão da análise de dados na rotina da empresa porque é essa estruturação de metodologia que vai garantir o sucesso da estratégia de crescimento.

Os profissionais que querem mais para seus negócios precisam estar sempre comparando indicadores, cruzando informações, entendendo cenários. Esse é um trabalho que não para.

Quem tem um sistema capaz desse tipo de monitoramento e sabe onde buscar os dados que precisa dentro dele já tem tudo o que precisa para fazer essa transição.

A partir daí, é só investir na sua veia gestora. É transformar informação em ação. É se adaptar o mais rápido possível a mudanças internas e externas para ser sempre relevante no mercado.

Como começar a estruturar a análise de dados no negócio?

Se você se interessou em dar esse passo na sua empresa também, rumo à transformação digital, não precisa de muito para começar. Para esse processo, você precisa de apenas alguns pontos-chave:

  • um sistema integrado capaz de coletar, segmentar e cruzar informações de negócio;
  • uma metodologia de acompanhamento de indicadores que crie processos lógicos de interpretação e elaboração de estratégias de otimização;
  • uma equipe especializada e focada nesse trabalho, seja interna, seja externa;
  • uma cultura inovadora entre os colaboradores, que busquem o tempo todo o aprimoramento de suas próprias funções, além de novos voos para o negócio.

Quer transformar a análise de dados em uma vantagem competitiva para a sua empresa? Essas são as características que você precisa buscar. Agora, é discutir a possibilidade com o time e planejar como colocar a empresa em uma nova era digital!

DICA EXTRA  DO JORNAL CONTÁBIL : MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta. E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Fonte: Iugu