Saiba tudo sobre os tipos de custos

Em uma empresa, muitos são os gastos necessários para que ela funcione e consiga vender seu produto ou serviço e gerar lucro.

Esses gastos podem ser classificados como custos ou despesas.

Se classificados como custos, ainda podem ser:

  • Diretos;
  • Indiretos;
  • Fixos; e
  • Variáveis.

Conhecer a melhor forma de classificar os gastos é essencial para a correta contabilização e para uma adequada gestão financeira.

O que é custo?

Diferentemente da despesa, o custo é o gasto que uma empresa tem e que está diretamente relacionado a tudo aquilo que esta produz, ou seja, é o gasto necessário para produzir um produto ou prestar um serviço.

Assim, os custos possuem relação direta com o objeto ou atividade-fim da empresa.

Para melhor determinar se determinado gasto é custo ou despesa, basta se perguntar se caso o eliminar, este afetará o produto/serviço que é oferecido pela empresa.

Se a resposta for sim, então se trata de custo, já que está diretamente ligado ao que a empresa produz.

Caso contrário, se o gasto não tiver relação direta com o produto ou serviço oferecido, tratar-se de algo relacionado ao funcionamento da organização, então deve ser classificado como despesa.

consignado

Entendendo os tipos de custos

Conforme mencionamos anteriormente, os tipos de custos mais comuns são os diretos, indiretos, fixos e variáveis.

Custos diretos

Como o próprio nome diz, o custo direto é aquele que pode ser atribuído diretamente a determinado produto ou serviço.

Seu valor é incluído diretamente no cálculo do produto/serviço oferecido.

Por serem diretos, podem ser mensurados de maneira clara e objetiva.

Custos indiretos

De maneira oposta, os custos indiretos são aqueles atribuídos através de um rateio à composição do valor do produto ou serviço que a empresa comercializa.

Como exemplo, podemos citar as contas de água e energia.

O gasto total com água não é alocado integralmente ao custo de determinado produto, uma vez que o valor gasto foi utilizado para a produção de diversos produtos/serviços (custo) ou até alocado como despesa.

Então é necessário fazer um rateio para determinar quanto do gasto com água deve ser alocado para uma unidade de cada produto ou serviço oferecido.

Custos fixos

Os custos fixos são aqueles que não sofrem variação de valor ao longo de um espaço de tempo, independente da produção do mês.

Um exemplo bem comum de custo fixo é o aluguel do espaço que a empresa realiza suas atividades.

Independente da produção, o valor do aluguel será o mesmo.

Custos variáveis

Já os custos variáveis estão diretamente associados à produtividade da empresa.

Um exemplo bem simples é a matéria-prima necessária para a produção de determinado produto. Dependendo da quantidade produzida, haverá a necessidade de maior ou menor quantidade de matéria-prima.

Agora que você já sabe distinguir entre custo e despesa e os tipos de custo, ficará mais fácil desenvolver o planejamento financeiro para seu negócio. Um bom planejamento é essencial para uma gestão assertiva e futura tomada de decisões.

Fonte: TEC Contabilidade